Arquivo do autor:Marcelo

Sobre a ideologia de gênero

Para quem não sabe, há por ai rodando (invenção dos socialistas) a ideologia de gênero.
Mas o que é isso?

A “ideologia de gênero” é uma expressão usada pelos críticos da ideia de que os gêneros são, na realidade, construções sociais. Para os defensores desta “ideologia”, não existe apenas o gênero “masculino” e “feminino”, mas um espectro que pode ser livremente escolhido pelo indivíduo.

A chamada “ideologia de gênero” consiste na ideia de que os seres humanos nascem “iguais”, sendo a definição do “masculino” e do “feminino” um produto histórico-cultural desenvolvido tacitamente pela sociedade.

Tradicionalmente, a palavra gênero costuma ser interpretada como sinônimo do sexo atribuído, ou seja, correspondente ao órgão sexual que o indivíduo nasceu (pênis é masculino, vagina é feminino). Mas, de acordo com a identidade de gênero, o fato de determinada pessoa ter nascido com o órgão sexual masculino, não faz com que esta se identifique obrigatoriamente como um homem.

Deste modo, os defensores da nomeada “ideologia de gênero” identificam gênero como a projeção de tudo aquilo o que a sociedade e a cultura esperam que seja típico do comportamento masculino e feminino, por exemplo. E, neste caso, estes comportamentos não precisam estar obrigatoriamente ligados ao sexo atribuído.

Outra confusão comum é entre a identidade de gênero e orientação sexual, sendo esta última referente a preferência sexual que determinada pessoa possui, e que pode ser dividida em: assexual; homossexual; bissexual e pansexual, por exemplo.

Assim, a “ideologia de gênero” seria a abrangência destas ideias, colocando o “gênero” como algo que pode ser mutável e não limitado, como define as ciências biológicas.

Abaixo dois vídeos que explicam bem o que é ideologia de gênero

Bem, isso posto, ai vão as minhas opiniões sobre tal ideologia de gênero bem como outras considerações relacionadas a este tema:

  1. Importante inciar arrumando as  nomenclaturas para podermos todos compreender melhor o que se é dito:
    • Sexo é cromossômico. Quem nasce homem, nasce com os cromossomos XY e quem nasce mulher, nasce com os cromossomos XX. Isso nunca irá mudar na vida da pessoa.
    • Já gênero aqui, será para mim definido “como a pessoa se percebe”. Ou seja, se você se percebe homem, vou falar então aqui que você é do gênero masculino, mas se você se percebe mulher, vou falar aqui que você é do gênero feminino.
    • Mas há ainda outro ponto importante que é, como você deseja parecer (se mostrar) ao mundo, qual será a sua forma de expressão ao mundo. Há pessoas que desejam parecer alinhadas com seu sexo, há pessoas que desejam parecer alinhadas com seu gênero. Sem problemas quando sexo e gênero estão alinhados, mas quando não estão começam a surgir as diferenças de comportamento. E ainda aqueles que tem um sexo e outro gênero e que desejam parecer ao mundo de uma forma intermediária entre seu sexo e seu gênero, tentando buscar algo que melhor lhes represente.
    • Há ainda um outro fator, que não tem nada a ver com os 3 acima, por que tipo de sexo+genero+forma de expressão você se sente atração. Bem, normalmente pessoas do sexo e gênero masculino sentem atração por pessoas do sexo e gênero feminino, no entanto, há pessoas do sexo e gênero masculino que sentem atração por outras pessoas do sexo e gênero masculino, ou qualquer uma das variações ai de cima.

     

  2. Apenas a título de exemplo, veja abaixo um início de um quadro, que tentei começar a fazer para explicar toda essa pluralidade:
    • Sexo-Masculino | Gênero-Masculino | Se vendo como alguém do Sexo Masculino |com preferência pelo sexo feminino
    • Sexo-Masculino | Gênero-Masculino | Se vendo como alguém do Sexo Masculino |com preferência pelo sexo masculino
    • Sexo-Masculino | Gênero-Feminino | Se vendo como alguém do Sexo Masculino |com preferência pelo sexo feminino
    • Sexo-Masculino | Gênero-Feminino | Se vendo como alguém do Sexo Masculino |com preferência pelo sexo masculino
    • Sexo-Masculino | Gênero-Masculino | Se vendo como alguém do Sexo Feminino |com preferência pelo sexo feminino
    • Sexo-Masculino | Gênero-Masculino | Se vendo como alguém do Sexo Feminino |com preferência pelo sexo masculino
    • Sexo-Masculino | Gênero-Feminino | Se vendo como alguém do Sexo Feminino |com preferência pelo sexo feminino
    • Sexo-Masculino | Gênero-Feminino | Se vendo como alguém do Sexo Feminino |com preferência pelo sexo masculino
    • Bem, nem vou continuar porque isso aqui é bastante grande. Sem contar com a variante onde a pessoa se enxerga no meio termo, entre masculino e feminino, teríamos 2 elevado a 4ª variantes, ou seja, 16 combinações, mas se levarmos em considerações as variantes, isso passaria de 4.000 combinações. E se colocássemos ainda aqueles que tem preferências sexuais múltiplias, isso começaria a ficar bem difícil de calcular.
  3. Bem, tudo isso posto, é fácil imaginar a pluralidade de pessoas que existem por ai. E não adianta tentar tampar o sol com a peneira, o mundo é assim, sempre foi e sempre será, cabe a nós compreendermos e lidarmos com essa pluralidade
  4. Bem, minhas crenças hoje me levam a acreditar que tanto sexo como gênero, bem como pelo que você irá se atrair serão definidos no momento do nascimento. Ou seja, não enxergo que a sociedade, a cultura ou qualquer outra intervenção externa seja capaz de alterar isso. Isso é intrinsceco da pessoa, é nato, é dela, É ELA. Desta forma, ao meu ver o gênero e a preferência sexual não mudam conforme os costumes, a cultura, a sociedade, ou conforme a educação. E por esta afirmativa, sou totalmente contrário a ideologia de gênero.
  5. Lógico que a pessoa poderá viver uma farsa e não assumir a sua REAL IDENTIDADE, e isso é muito comum. Mas não é disso que estou falando! Estou falando que, se a pessoa assumir livremente o que sente, ela nunca será influenciada pela sociedade ou pelo meio que a cerca. Desta forma, nem pais cristãos e conservadores conseguirão impedir seu filho ou filha de ser um homossexual, nem pais gays conseguirão deixar de criar um filho hetero.
  6. Bem, sem dúvida o sexo de uma pessoa nunca mudará, jamais, uma vez que é cromossômico. Quem nasceu do sexo feminino é XX e quem nasceu do sexo masculino é XY.
  7. Alinhado a tudo isso, não acho que qualquer pessoa OPTE em ser homossexual em qualquer uma das suas variações, afinal, ELA NASCEU ASSIM, ela NÃO SE TORNOU HOMOSSEXUAL Por isso, a palavra que melhor define isso é ORIENTAÇÃO SEXUAL e não opção sexual.
  8. Reconheço também que qualquer um que tenha um desalinhamento entre seu sexo, gênero ou preferência sexual, sofrerá com isso e por isso, será merecedor de mais atenção, consideração, respeito e carinho de nossa parte.
  9. Não encaro isso como doença, portanto, acho que o termo homossexualismo errado, uma vez que “ismo” é sufixo de doença e não enxergo isso como uma doença, junstamente porque ninguém “pega” este tipo de comportamento. No entanto, devo reconhecer que não deve ser muito confortável sentir algo que está desalinhado com sua estrutura física, com seu corpo.
  10. Portanto, tais pessoas poderão até buscarem tratamento psicológico para se aceitarem melhor e poderem viver suas vida de modo mais agradável, pleno e feliz. No entanto, tais tratamento nunca deverão buscar a REVERSÃO da condição, uma vez que a pessoa É ASSIM e não por fruto sócio construtivista ou cultural, mas por que ela É ASSIM.
  11. Apenas “en passant”, entendo que as energias que formam o ser, na hora da sua concepção e nascimento a construiram desta forma e será assim que ela deverá viver esta vida.
  12. Ainda, eu não sou fiscal do ânus alheio, ou do corpo alheio. Ou seja, que cada um faça com o seu corpo o que bem entender e, desde que isso não afete o próximo,não temos o direito de nos incomodar com isso.
  13. No entanto, condeno expressões públicas que tenham o intuito de provocar e causar desconforto no outro. Eu particularmente não me incomodo, mas sei que tais expressões exageradas incomodam outras pessoas. Então, assim como estes desejam ser respeitados, devem respeitar também. No entanto, acho que andar de mão dada ou abraçado ou mesmo dar selinho publicamente, não deveria incomodar ninguém, uma vez que são expressões normais de carinho entre duas pessoas que se amam. Que estes guardem as expressões mais calientes para seus momentos íntimos, longe das vistas de outras pessoas.
  14. Assim como você tenta fazer de um menino, do sexo masculino mas que se percebe do gênero feminino, um homem masculino, e não consegue, da mesma forma você não conseguirá entortar a percepção ou preferência de um menino do sexo, gênero masculino com desejo pelo sexo e gênero feminino, tornando o outra coisa.
  15. Ou seja, não acredito que haja qualquer possibilidade de um se tornar outro, seja de qualquer lado para qualquer lado. Cada um é cada um e ponto final. Ninguém escolheu ser desta ou daquela forma, não é uma opção. As pessoas são como são e ponto final.
  16. Isto posto, cabe a cada um de nós respeitar e aceitar a outra pessoa, sendo ela da forma que é.
  17. Também não me incomodo nem um pouco com a história de que casais tem que procriar e explico porque:
    • Há inúmeros casais sem filhos e nem por isso são pervertidos ou degenerados;
    • Casais homossexuais são uma benção para a sociedade no momento em que eles, por não poderem ter filhos, adotam crianças que foram abandonadas pelos seus pais heterossexuais;
    • Casais homossexuais não conseguirão entortar o sexo ou o gênero ou as preferências de seus filhos, da mesma forma que casais heteros não conseguem evitar de ter um filho homossexual;
    • A família é um núcleo de amor, de se querer bem, de se cuidar um ao outro e isso pode perfeitamente ser feito por pessoas do mesmo sexo;
    • A família ainda é um lugar onde se ensina o respeito, o amor ao próximo, o bem querer, o cuidar, onde se ensina bons valores e isso pode também perfeitamente ser feito por pessoas do mesmo sexo;
  18. Ainda sobre este ponto, assim como nem toda árvore é frutífera, da mesma forma nem todo casal precisa procriar. Da mesma forma como vomos na natureza, não só um único tipo de formas de acasalamento, tal como a minhoca que é hermafrodita, da mesma forma devemos ter a mente aberta para compreender as diferentes formas de expressão sexual das pessoas. E da mesma forma como a beleza da natureza está na sua pluralidade, da mesma forma devemos enxergar a beleza do ser humano, na sua pluralidade.
  19. Se isso fere o cristianismo, que os cristão repensem sua religião. Eu particularmente não sou cristão, considero Jesus Cristo um MITO (veja quem foi Mitra) e não reconheço a Biblia como um livro que exprime a vontade de Deus. Entendo que a religião é um grande problema na humanidade, toda religião, sem exceção. E posso falar isso com profundo conhecimento de causa, pois já fui cristão por 33,5 anos, conheço muito a Bíblia e não falo isso por preconceito, mas por conceito mesmo e posso provar as bases da minha crença.
  20. Mas acredito que exoista um Criador, pois não consigo deixar de reconhecer que tudo o que me cerca é fruto de uma mente muito inteligente e superior.
  21. Mas não acredito que este Criador interfere nas nossas vidas. O mundo está à merce de nós, nas nossas mãos e nele ocorrerão as coisas conforme o nosso andar. O Criador não interfere em nada em nossas vidas.
  22. Não compreendo o plano deste criador, porque ele nos fez, porque estamos aqui, pra onde vamos, nem seus propósitos e objetivos, mas isso não me impede de acreditar que ele existe.
  23. Ainda, não acho que ele é amor. Pode até ser, mas isso pra mim não é muito óbvio, pelo contrário. A natureza que ele criou é toda cruel, uns matam os outros o tempo inteiro. A morte está demasiadamente presente o tempo inteiro e nem posso reclamar disso, pois graças a natureza ser assim é que estamos aqui vivos hoje. Ou seja, enxergo que ele é prático e objetivo em atingir os seus objetivos.
  24. Ainda, ele para mim é totalmente amoral. Ele não está nem ai se matamos, roubamos, transamos, adulteramos, estupramos, ou qualquer outra coisa. Isso nos afeta enquanto humanos que vivem em comunidade, mas não afeta em nada a ele. E ele, para mim, não está nem ai para qualquer coisa que façamos. Estamos realmente à mercê da vida, a mercê dos frutos dos nossos próprios passos.
  25. Desta forma, entendo também que tudo está no seu devido lugar e que o mundo é justo, totalmente justo. Isso não significa que acho que as coisas estão boas, não estou falando isso. Há muita coisa ruim, triste e que nos causa profunda tristeza e desânimo. Mas acredito as energias que regem o mundo estão, e sempre estarão, totalmente equilibradas, de modo que o que temos hoje a nossa volta são frutos do que fazemos, sendo apenas o resultado de nossas próprias ações. Se formos pessoas melhores, construiremos um mundo melhor.
  26. Assim sendo, compreendo que a homossexualidade, na sua enorme variação, é não só obra do criador, como também está no seu devido lugar e cabe a nós aceitar.
  27. Por tudo isso, entendo que toda e qualquer criança deveria ser orientada, instruída a achar isso natural. Sim, natural! Nem todas as pessoas tem seu sexo, gênero e preferências alinhados e nem por isso são pessoas piores daqueles que tem seu sexo, gênero e preferências alinhados. Quer dizer, exceto se tiverem desvio de caráter, mas isso é outra coisa.
  28. No entanto, não acho que isso deve ser explicado ANTES do tempo. Toda criança tem seu tempo de querer compreender as coisas e, da mesma forma que ela irá perguntar um dia, como que o neném foi parar na barriga da mulher, ou da onde ela veio, ou como ela foi parar lá, da mesma forma ela, naturalmente irá perguntar sobre a homossexualidade e isso deverá ser explicado tão naturalmente como as outras coisas relacionadas a sexo.
  29. Também não concordo que se use dinheiro público para se difundir qualquer coisa neste sentido. Acho que este e qualquer outro assunto deve ser tratado de modo igual, sem preferência, mas apenas com respeito e atenção, como qualquer outro assunto.
  30. Sou ainda favorável a criação de um terceiro banheiro unissex, ou seja, um banheiro que entra lá quem quer. Lá poderá entrar homens, mulheres, transexuais, travestis, lésbicas, gays, qualquer um.
  31. Da mesma forma, sou favorável a criação de um terceiro item, quando se tem que preencher um documento tipo ( ) Homem ( ) Mulher. Não sei exatamente que nome colocaríamos ai, mas entendo que deveríamos colocar um outro item. Também não acho que deveríamos criar vários itens, um para cada variante, mas deveríamos criar um novo item. Isso demonstraria consideração e respeito para com estes.
  32. Também não sou favorável a cotas ou a qualquer tratamento especial a estas pessoas, uma vez que elas são iguais a todos nós. Afinal, se a tratarmos com o respeito e a consideração que merecem, as estaremos incluindo socialmente.
  33. Por fim, entendo também que dizer os seres humanos nascem “iguais”, sendo a definição do “masculino” e do “feminino” um produto histórico-cultural desenvolvido tacitamente pela sociedade traz um grande risco para aqueles que não tem seu sexo e gênero alinhados, pois se acreditarmos nisso e que isso é fruto de influência socio/cultural, estamos dizendo que isso pode ser revertido, por outro tipo de influência sócio/cultural, tratamentos psicológicos, etc. Ou seja, justamente por não ser fruto de influência sócio/cultural é que é irreversível e justamente por isso, deve ser apenas compreendida e respeitada.

1964 E A VERDADE SOBRE O REGIME MILITAR

Percebo como há ainda milhões de pessoas enganadas, iludidas com as versões distorcidas e mentirosas sobre 1964 e o Regime Militar.

Se você é uma delas, eu não lhe culpo. Nas escolas só há professores socialistas e de esquerda que ADORAM inventar história, aumentar e denomizar os militares. Ainda a Globo e quase todo o jornalismo é também de esquerda e da mesma forma, só nos contaram até hoje essa história de modo fantasioso, torto e principalmente, muito mentiroso.

E pra piorar, alguns YouTubers, totalmente hipnotizados e influenciados pela mídia e pelos seus professores, defecam as mesmas inverdades com ar jovial e continuam iludindo, enganando as mentes mais fracas.

Mas felizmente temos hoje a Internet que nos permite tomar contato com A VERDADE

Por conta de tudo disso, resolvi fazer este post

Nele, não vou escrever praticamente nada, vou apenas referenciar vídeos que falarão por mim.

Deliciem-se por fim com A VERDADE sobre o que de fato ocorreu nesta época

Mas antes, uma histórinha que vale a pena ser lida, só um “esquenta”, para já ir dando o tom de modo que você já vá percebendo tudo o que falam de errado por ai, bem como dos vídeos que virão a seguir:

Conversam um russo💂🏻‍e um brasileiro👨🏾:

💂🏻‍-Como eu amo a liberdade!
👨🏾-É. Não há nada pior que ditadura!
💂🏻‍-Mm? Vocês também tiveram ditadura no Brasil?
👨🏾-Ô! E como tivemos! Os militares deram um golpe e tomaram o poder.
💂🏻‍-Mas como? Fuzilaram o congresso todo?
👨🏾-Não exatamente. Foi o próprio congresso que instituiu.
💂🏻‍-Mas você não disse que foi um golpe?
👨🏾-Sim.
💂🏻‍-Não entendi. Mas enfim… Quantos morreram, pelo menos?
👨🏾-357 pessoas!
💂🏻‍-É… Para um dia só é bastante.
👨🏾-Não, 357 no total.
💂🏻‍-No total do quê?
👨🏾-Da ditadura!
💂🏻‍-Peraí, mas foi só uma coisa de uns dias e depois acabou?
👨🏾-Que uns dias que nada! Foram 21 anos de opressão!
💂🏻‍-E quem foi esse ditador “genocida” que matou 357 pessoas em 20 anos?
👨🏾-Foram 5 ditadores!
💂🏻‍-De uma vez só?
👨🏾-Não, um depois do outro.
💂🏻‍-Um depondo o outro?
👨🏾-Claro que não! Terminava o mandato e vinha outro.
💂🏻‍-Tipo presidente?
👨🏾-É… Mas só que não. A gente não podia votar!
💂🏻‍-Então ao invés de um ditador, vocês tiveram 5 representantes com mandato temporário e que matavam 17 pessoas por ano?
👨🏾-Sim. Mas o povo se levantou e tirou eles de lá!
💂🏻‍-Ah, no fim depuseram os militares?
👨🏾-Pode se dizer que sim. Eles saíram do poder.
💂🏻‍-Mas tá estranho isso. Eles não controlavam o exército? Como o povo conseguiu isso? Ou eles se armaram também, ou atacaram em grande número. De uma forma ou de outra deve ter sido a maior carnificina!
👨🏾-Até que não. Os militares anunciaram eleições democráticas e deixaram o poder.
💂🏻‍-Deixaram??? Como assim? Tipo, por conta própria?
👨🏾-É que o povo, no fim, já tava meio contra também…
💂🏻‍-No fim??? Mas péra! Para sair assim, na boa, só podem ter levado uma fortuna antes! Devem estar tudo ricos hoje!
👨🏾-Hmm… Não exatamente.
💂🏻‍-Cara, eu respeito sua história e tal, mas tá meio difícil de acreditar que vocês tiveram uma ditadura.
👨🏾-Como assim?! A opressão era real! Morreram muitos heróis lutando pela nossa liberdade!
💂🏻‍-Então havia até mesmo uma oposição?
👨🏾-Ah, se havia! Eles matavam soldados, sequestravam gente importante, roubavam bancos, plantavam bomba em quartéis.
💂🏻‍-Que horror! E os revolucionários, como combatiam isso?
👨🏾-Não, caramba! Tô falando dos heróis, os revolucionários! Presta atenção!
💂🏻‍-Tá bom, entendi. Mas esse lance de matar soldado, explodir bomba… Hoje em dia isso não seria terrorismo?
👨🏾-Talvez. Não sei. Mas na época era justificado. Tinha que derrubar aquele governo cruel.
💂🏻‍-Mas e roubo a banco, sequestro… Não é crime isso daí também?
👨🏾-É… Talvez… mas eles tinham que tirar dinheiro de algum lugar para manter o movimento, né?
💂🏻‍-Sim, mas do povo?
👨🏾-Não tinha alternativa! A União Soviética não estava mais sustentando a revolução como antes…
💂🏻‍-Opa! Um momento! A gente que estava financiando vocês contra os militares?
👨🏾-Sim. Os comunistas soviéticos estavam nos ajudando a derrubar a ditadura instaurar a democracia no Brasil.
💂🏻‍-E vc acreditou? Pois a nossa ditadura foi comunista! Matou 21 milhões, durou 74 anos e deixou o país afundado! Você nunca conheceu opressão, e por isso mesmo não entende o que é liberdade!
👨🏾- 😐

Bem, mas vamos agora aos vídeos:

Eduardo Bolsonaro explica se houve ou não golpe militar
Deputado Eduardo Bolsonaro fala sobre a verdadeira história do chamado “Golpe Militar” em 1964 no Brasil.

Para os espertalhões que insistem em dizer que houve golpe militar
Para os “espertalhões” que insistem em dizer que houve golpe militar este pequeno vídeo para confundir as mentiras que você ouviu de seu professor comunista.

Nunca houve “Ditadura Militar no Brasil” Mentiram pra você, jovem!
O historiador Marco Antonio Villa explica que a expressão “ditadura militar” foi cunhada por radicais extremistas de esquerda que queriam um regime Comunista para o Brasil. Na verdade, o Brasil foi salvo na década de 60 de uma ditadura do proletariado. Salve 1964!

Alexandre Garcia entrevista Figueiredo

64 não foi golpe!!!
Golpe militar,a verdade sufocada….heróis de 64

Ditadura Militar! Mentiram para você.
Nos livros de história e na mídia tudo que gira em torno do golpe de 64 e do regime militar no Brasil, não passa de falsificação esquerdista, não passa de abordagem histórica distorcida e sem critérios. O objetivo desse vídeo é trazer à tona a verdade dos fotos, tanto os fatos que antecederam a intervenção militar, como o regime em si. Será que houve mesmo uma ditadura? Aconteceram terríveis torturas? E a censura? As pessoas não tinham liberdade mesmo? O vídeo ainda traz uma sóbria avaliação a cerca dos presidentes militares, como Castelo Branco, Médice, Geisel e Figueiredo.

A outra versão do golpe de 1964 (completo)
Não defenda aquilo que não entende. Seja autêntico e ame a verdade se informando.

O Contragolpe 1964 – A Verdade Sufocada

NÃO Houve DITADURA

Esses HERÓIS salvaram o Brasil da modinha Comunista e Socialista que influenciava o mundo na época, tentaram entranhar no Brasil mas estes Heróis não deixaram. A Esquerda Socialista e Comunista ainda hoje continua entranhando e permanece mentindo para os brasileiros chamando-os de DITADORES.

• 1964–1967 Humberto de Alencar Castelo Branco
• 1967–1969 Artur da Costa e Silva
• 1969–1974 Emílio Garrastazu Médici
• 1974–1979 Ernesto Geisel
• 1979–1985 João Figueiredo

NÃO Houve Ditadura!

REGIME MILITAR – Uma época de ouro da vida brasileira, quando o país era sério e muito respeitado.

Esse vídeo é para quem viveu ou quer conhecer a verdade sobre essa gloriosa fase da história brasileira, que muitos professores de hoje não ensinam direito. Nessa era, tivemos o “Milagre econômico brasileiro”, denominação dada devido ao alcance de excepcional crescimento econômico. Foi o período de nossa história que gerou o maior crescimento econômico desde a Proclamação da República, em patamares superiores aos da própria China de hoje, já que as taxas de crescimento do PIB eram altíssimas: saltaram de 9,8% ao ano em 1968 para 14% ao ano em 1973. Esse crescimento descomunal fez o país saltar da 41ª para a 8ª posição como maior potência do mundo. O período é marcado também por melhoras significativas na infraestrutura do país; aumento do nível de emprego proporcionado, principalmente, pelos investimentos nos setores de infraestrutura e indústria, além de significativo desenvolvimento industrial, alavancado pelos investimentos nos setores de siderurgia, geração de eletricidade e indústria petroquímica. O setor foi puxado, principalmente, pelo crescimento e fortalecimento das empresas estatais.
Quem, como eu, viveu nessa fase da vida brasileira, sabe bem que foi uma época de pleno desenvolvimento e muita produtividade, com escolas públicas de qualidade, pleno emprego, tranquilidade, segurança e paz. Exceto, claro, para alguns imbecis que pegavam em armas e promoviam ações terroristas para tentar impor aqui uma ditadura comunista, nos mesmos moldes que ainda tentam até hoje.

Pasmem! Lula afirma que Regime Militar foi à melhor época do Brasil

SE FOI O AUGE DO MILAGRE BRASILEIRO;
SE SOBRAVAM EMPREGOS;
SE AS EMPRESAS BUSCAVAM OPERÁRIOS OFERECENDO MELHORES SALÁRIOS;
SE UM PRESIDENTE MILITAR CERTAMENTE SERIA ELEITO POR SUA POPULARIDADE;
PORQUE MESMO A TURMA DO PT QUERIA UMA REVOLUÇÃO?
Fui entrevistar meu avô sobre ditadura militar e olha no que deu…

Trabalho de História
Entrevista com o Sr. Manoel Eloi Pereira sobre como foi viver na época da Ditadura Militar

 

[VEJA] A VERDADE SOBRE O REGIME MILITAR | 1964-1985

CONFIRA ABAIXO UM TEXTO ESCRITO DO REGIME MILITAR QUE MARCOU A HISTÓRIA DO PAÍS

Intervenção Militar é um ato caracterizado pela tomada do poder de um país por suas Forças Armadas em um golpe de Estado, instaurando um regime militar. Geralmente é decretado um estado de exceção, regido segundo a lei marcial, sendo formada uma junta militar encabeçada por qualquer das armas, que nomeia um novo presidente (sempre um militar de alta patente) e seus sucessores.

De maneira geral, os membros do governo deposto são perseguidos e presos, ou então forçados a deixarem o país. Simpatizantes do governo deposto são igualmente perseguidos, e em casos extremos podem ser presos e torturados com intuito de obtenção de informações ou confissões.

Foi o regime instaurado em 1 de abril de 1964 e que durou até 15 de março de 1985, sob comando de sucessivos governos militares. De caráter autoritário e nacionalista, teve início com o contra-golpe militar que derrubou o governo de João Goulart, o então presidente democraticamente eleito. O regime acabou quando José Sarney assumiu a presidência, o que deu início ao período conhecido como Nova República (ou Sexta República). Apesar das promessas iniciais de uma intervenção breve, a ditadura militar durou 21 anos. Além disso, o regime pôs em prática vários Atos Institucionais, culminando com o AI-5 de 1968, que vigorou por dez anos. A Constituição de 1946 foi substituída pela Constituição de 1967 e, ao mesmo tempo, o Congresso Nacional foi dissolvido, liberdades civis foram suprimidas e foi criado um código de processo penal militar que permitia que o Exército brasileiro e a Polícia Militar pudessem prender e encarcerar pessoas consideradas suspeitas, além de impossibilitar qualquer revisão judicial.

O regime adotou uma diretriz nacionalista, desenvolvimentista e de oposição ao comunismo. O regime atingiu o auge de sua popularidade na década de 1970, com o “milagre econômico”, no mesmo momento em que o regime censurava todos os meios de comunicação do país e torturava e exilava dissidentes. Na década de 1980, assim como outros regimes militares latino-americanos, a ditadura brasileira entrou em decadência quando o governo não conseguiu mais estimular a economia, controlar a inflação crônica e os níveis crescentes de concentração de renda e pobreza provenientes de seu projeto econômico, o que deu impulso ao movimento pró-democracia. O governo aprovou uma Lei de Anistia para os crimes políticos cometidos pelo e contra o regime, as restrições às liberdades civis foram relaxadas e, então, eleições presidenciais indiretas foram realizadas em 1984, com candidatos civis e militares.

O regime militar brasileiro inspirou o modelo de outras ditaduras por toda a América Latina, através da sistematização da “Doutrina de Segurança Nacional”, a qual justificava ações militares como forma de proteger o “interesse da segurança nacional” em tempos de crise. Desde a aprovação da Constituição de 1988, o Brasil voltou à normalidade institucional. Segundo a Carta, as Forças Armadas voltam ao seu papel institucional: a defesa do Estado, a garantia dos poderes constitucionais e (por iniciativa desses poderes) da lei e da ordem.

Apesar de o combate aos opositores do regime ter sido notoriamente marcado por torturas e mortes, as Forças Armadas admitiram oficialmente que possa ter havido tortura e assassinatos, pela primeira vez, em setembro de 2014, em resposta à Comissão Nacional da Verdade. O documento, assinado pelo Ministro da Defesa, Celso Amorim, menciona que “o Estado brasileiro […] já reconheceu a ocorrência das lamentáveis violações de direitos humanos ocorridas no passado”. No entanto, apesar das várias provas, os ofícios internos da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro e da Força Aérea Brasileira, foram uníssonos em afirmar que em suas investigações não encontraram evidências que corroborassem ou negassem a tese de que houve “desvio formal de finalidade no uso de instalações militares”. Estima-se que houve 434 pessoas entre mortos e desaparecidos durante o regime, além de um genocídio de cerca de 8,3 mil índios.

Qual o sentido da vida?

Tendo sido questionado sobre porque estamos aqui, da onde viemos, para onde vamos, se fomos criados, etc…

Eu respondi:

Para mim (e esta é uma visão totalmente pessoal)

1) Sim, há um propósito (compreendo que tem que ter)

2) Mas acredito que o propósito não tem nada a ver com o nosso bem estar, nada a ver com sermos felizes, nada a ver com nos darmos bem…

3) O propósito é de quem nos criou, de quem nos colocou aqui, é dele o propósito

4) O mundo gira em torno de duas leis básicas

5) Uma que permitiu que tudo o que está aqui viesse a existência e está relacionada a criação e ao surgimento das coisas

6) E outra que movimenta tudo o que foi criado, tudo o que está aqui à nossa volta, a lei da atração e do magnetismo

7) Todos nós atraímos e magnetizamos coisas conforme somos e conforme o nosso caminhar

8) Você nem sempre magnetiza o que deseja (na maior esmagadora do tempo 99,999% das vezes, você nem sabe o que está magnetizando)

9) Apenas quando começar a compreender mais sobre você e sobre esta lei é que você poderá começar a tentar mudar um pouco o rumo das coisas na sua vida, mesmo assim, só dentro de um range muito pequeno, muito de possibilidades e mesmo assim somente dentro desta sua vida atual, cheia de limitações em relação às coisas que te trouxeram até aqui

10) Num primeiro momento, mesmo que souber muito sobre tudo isso um dia, ainda assim conseguirá ter pouca influência na sua vida (mas ai já começará a “pilotar” um pouco seu destino)

11) A morte é necessária para dar um reset na história e será o fim da sua persona sim, por mais que isso lhe doa

12) Mas a morte não é o fim de tudo, é apenas o fim desta persona atual, mas não de uma outra “entidade”, da qual você faz parte;

13) Esta “entidade” desejará voltar e entrará num fluxo natural que fará com que outra persona se expresse aqui na terra. Não porque alguém mandou, mas similar à forma que a água da chuva desce a montanha, corre nos rios, vai para o mar e depois sobe como vapor e volta a cair novamente como água (ou neve,). Alguém voltará (mas não é mais exatamente você). Este outro será uma nova expressão desta esta “entidade” maior

14) Conforme seu andar na vida anterior, e na vida anterior à anterior, e na vida anterior à anterior à anterior e por várias vidas, e por mais uma série de outros fatores da nova vida, você magnetizará coisas na sua nova vida e, conforme for caminhando, continuará a magnetizar outras coisas (a vida é um eterno magnetizar), um eterno atrair e reagir e mudar.

15) O conhecimento acumulado sobre você mesmo (o auto-conhecimento) que compões tudo isso que estou dizendo, bem como o conhecimento de como o universo funciona, ira lhe permitir começar a conduzir um pouquinho melhor a sua vida

16) Nesta hora reside um problema pois, ao começar a conhecer isso você poderá ser pego (e muito provavelmente será) pela soberba, pelo orgulho, arrogância, vontade de fazer diferente, vontade de subornar e manipular o sistema

17) Nesta momento você começará a magnetizar outras coisas que até então não tinha magnetizado

18) Tentará contornar e escapar disso através do conhecimento adquirido (que perceberá que terá aumentado bastante) e até conseguirá em alguns momentos, mas não em outros

19) Continuará morrendo e voltando (como já dito, como partes de uma mesma entidade)

20) Até que depois de muito teimar, espernear e compreenderá que não consegue manipular o sistema. Nesta hora terá compreendido outras coisas e passará a deixar de ser orgulhoso, arrogante, soberbo e começará a se entregar ao processo

21) Nesta hora começará magnetizará outras coisas (novas) e compreenderá melhor tudo

22) Neste momento você começará a ascender e estará, a cada vida, “melhorando a sua média” (em relação as vidas anteriores)

23) Conforme sua média melhora, você já volta magnetizando coisas “melhores” (embora este conceito de melhor está errado), e continuará ascendendo

24) Até que num dado momento você estará se desenvolvendo e começará a tomar contato com suas vidas anteriores (pois elas não morreram de tudo e os sentimentos e conhecimentos estão lá guardados)

25) Nesta hora, quando começar a tomar contato com suas vidas anteriores, absorverá os conhecimentos e emoções destas e sua compreensão aumentará ainda mais enquanto sua ascensão continua

26) Você viverá mais e melhor em cada vida, mas ainda assim morrerá

27) Até que você começará a contatar outras vidas passadas, e “recobrará a consciência delas” absorvendo ainda mais os conhecimentos e experiências destas

28) Este processo lhe fará aumentar ainda mais em conhecimento e sabedoria até que irá conseguir voltar a sua “primeira” vida.

29) Nesta hora terá acessado todas as experiências, sentimentos e conhecimentos de todas as suas vidas que esta “entidade” viveu e tudo isso estará unido em você

30) Nesta hora (ou até um pouco antes disso) perceberá que faz parte de um “tronco” com outros seres, que estão passando pelo mesmo processo, fazendo o mesmo caminho

31) Nesta hora perceberá que deverá se unir a outros seres mas muito provavelmente tentará lutar contra o desejo de se unir a estes seres (para não perder sua persona, seu sentimento de eu), mas em algum momento cederá e se unirá a estas e você e estes outros se unirão se tornando apenas um

32) Neste momento seu conhecimento e o deste outro se unirão por completo e vocês serão apenas só

33) Posteriormente outros chegarão a este estágio e vocês continuarão a se unir também, e isso acontecerá sucessivamente até que todos se tornarão apenas um

34) Conforme a consciência for sendo adquirida a inconsciência irá desaparecendo e o sentimento de que as coisas não é você, vai desaparecendo e tudo começará a ser um novamente

35) Nesta hora todos nós, ou melhor, um ser apenas, conterá todo o conhecimento de toda a humanidade e tudo voltará a ser um

36) Este ser nada mais é do que aquele mesmo ser que criou tudo e que se fracionou lá no início deste processo e que permitiu que todos nós tivéssemos vida

37) Nesta momento, este ser aumentou muito em conhecimento, através de todas as experiências que teve ao longo de milhares de anos através de bilhões de pessoas

38) O que este ser fará então?

39) Provavelmente, poderá repetir toda esta experiência de novo. Provavelmente alterará algumas variáveis diante dos novos conhecimentos adquiridos, mas deverá repetir praticamente o mesmo fluxo

40) Em resumo, nós somos apenas uma fagulha deste ser que tem como objetivo aumentar em conhecimento através da experimentação de diferentes pontos de vistas.

41) Importante notar que para ele, todas as experiências são válidas, todas! As “boas” e as “ruins”. Ao mesmo tempo que ele quer saber o que é ser Papa, ser o Obama, ele também quer saber o que é ser favelado, morrer de fome na África, ou o que é morrer numa guerra, o que é trair ou o que é ser traído, viver na luxuria, ao mesmo tempo que quer saber o que é morrer afogado ou queimado.

41) No entanto, ele fez as coisas de uma forma que nós desejamos não querer sofrer, buscando sempre o prazer e fugindo da dor, esta é a nossa pulsão básica que nos impulsiona para um único sentido, o de crescer e melhorar a cada dia.

42) O desejo de melhorar nada mais é do que o desejo de sofrer menos juntamente com o desejo de ter cada vez mais prazer (não necessariamente o carnal, mas aqui envolve também o espiritual, o altruísta, etc)

43) O universo é um ambiente fechado que ele criou para poder viver estas experiências e aumentar em conhecimento

44) A terra é apenas uma parte deste universo, um dos planos deste universo. Há vida em vários outros planos e tudo está entrelaçado e tudo interage de modo a cumprir este objetivo.

45) Nossa ignorância e limitações de compreensão são necessárias e fazem parte do processo. Se não estragaríamos toda a experienciação. Se descobríssemos o projeto, o objetivo, os por quês, tudo perderia muito o sentido e valor e talvez fosse até melhor acabar com tudo e começar tudo de novo (ou não, talvez em algum momento vamos saber e ai, ele também saberá o que é viver com a compreensão disso tudo).

46) Mas parece que ele precisa que, em pelo menos numa parte do processo, nós passemos por tudo sem saber porque estamos aqui, da onde viemos e para onde vamos pois, só assim, reagiremos com comportamentos que ele precisa compreender e que parecem ser importantes para o aumento do conhecimento dele ao final

47) Mesmo que para nós toda essa história poderá ter levado bilhões de anos, nada impede que aos olhos dele, isso tudo tenha acontecido em alguns minutos apenas

48) Ah, porque ele está fazendo isso?

49) Talvez esteja numa enrascada pessoal, talvez numa guerra que está travando, ou talvez seja apenas um trabalho de escola ou ainda talvez seja apenas porque precisa passar de uma fase de algum jogo que está jogando, lá, onde quer que ele esteja

unsure emoticon

Ainda, a realidade nada mais é do que uma desconstrução da consciência. Quem assistiu Lucy compreende melhor o que estou dizendo. Aquele filme deixa claro que uma vez a consciência sendo 100%, não há mais distinção entre isso e aquilo, eu e você. Tudo o que gira a nossa volta existe porque temos uma enorme inconsciência das coisas. Vivemos olhando pelo buraquinho da fechadura, vendo só uma partezinha ínfima da história toda.

Quanto a termos domínio das rédeas da nossa vida, fazendo um paralelo, estamos como que no meio de um rio muito caudaloso, num barquinho ínfimo e por mais que nos esforcemos, iremos seguir em frente neste rio e não há nada que se possa fazer para mudar o rumo das coisas. Elas são o que são e ponto final. Ainda, conforme você ganha conhecimento e compreensão da história, mais percebe que sequer vê as margens deste rio e que a profundidade dele é imensa também, ou seja, você não tem poder de fazer absolutamente nada!

Por fim, outro ponto muito importante a compreender é que acreditar que há um criador não tem necessariamente relação alguma com existir algum objetivo nobre para nós. O que pode ser muito importante para nós, talvez não seja para Ele e tudo indica que é se há um objetivo, este objetivo é dele, e não nosso.

Por exemplo, se você está criando gado, e você os cria para o abate, muito provavelmente eles ficariam muito chocados se soubessem disso, mas, para você, é totalmente normal.

Se você oferece a eles proteção, uma boa cocheira, água, bons alimentos, ração, vacina, não os deixa se estressar, etc… no final, a sua preocupação é que eles não morram e que se transformem num bom e suculento bife. Já imaginou se eles descobrissem isso?

Talvez seja exatamente por isso que estas perguntas, mesmo tendo sido feitas à exaustão por milhões de pessoas em milhares de anos, ainda continuam sem resposta.
:-/

NOTA: Compreendo totalmente que a maior parte dos leitores discordará de muitas coisas aqui escritas (se não até de quase tudo). Sei que muitos acharão algumas coisas extremamente sem nexo e até infantil. Sei que muitos se escandalizarão com outras. Em resumo, sei que pouquissimos compreenderão o que de fato aqui está escrito. No entanto, mesmo assim achei que era importante compartilhar pois, só desta forma, quem sabe, encontrarei alguém que está bastante avançado na compreensão das coisas que nos cercam.

Presunção

Era uma vez um cão e sua dona. O cão era tão fiel que a mulher podia até sair e deixar seu bebê com ele, o que fazia com frequência para cuidar de outros assuntos. Ela sempre voltava e encontrava a criança em paz, muitas vezes dormindo profundamente com o cão fiel sempre ao seu lado. Alguns cães são realmente bastante protetores e este era o caso deste, mesmo sabendo que se trata de um animal irracional.

Certo dia algo diferente aconteceu. A mulher, como de costume, havia deixado o bebê nas “mãos” do seu cão e foi às compras, mas, quando voltava, ouviu a certa distância barulho de latidos e rosnar do seu cão. Correu até sua casa e se deparou com uma cena bastante desagradável, além de encontrar uma enorme bagunça em toda a casa, ao chegar no quarto viu o bercinho do bebê todo desmantelado, fraldas e roupas rasgadas e espalhadas pelo chão além de manchas de sangue por todos os lados, onde havia deixado a criança.

A mulher nesta hora perdeu completamente o controle e tomada de ira, começou a gritar o nome do cachorro quando de repente viu ele saindo de outro quarto, todo coberto de sangue, enquanto que lambia o sangue que saia da boca. Ela não teve dúvidas e partiu para cima do cão com o primeiro pedaço de pau que encontrou pela frente e bateu nele severamente, muitas vezes. O cão tentou fugir, tentou reagir, mas estava impotente diante da enorme fúria da mulher que acabou sendo implacável, terminando este embate apenas quando percebeu que o cão já não tinha mais vida.

A mulher exausta ajoelha e começa a chorar e a se culpar por ter confiado seu filho a este animal. Em meio aos prantos começou a vasculhar a bagunça da casa quando de repente começou a ouvir um choro de criança vindo do banheiro. Correu até o banheiro e encontrou a criança ali, dentro do box do banho. Feliz da vida pegou seu filho no colo e o abraçou ternamente. Nesta hora ambos choravam muito e, voltando ela para a sala, passou pelo quarto da onde havia saído o cão e percebeu nele muito sangue, verdadeiras poças de sangue. Entrou então neste quarto e vasculhando melhor a bagunça tomou um enorme susto quando se deparou com uma cobra gigantesca, com mais de 2 metros de comprimento, mas já sem vida e toda estraçalhada.

Nesta hora a mulher compreendeu melhor tudo o que havia acontecido. O cão na verdade lutou para proteger a criança da cobra e não deve ter lutado pouco, dada a enorme bagunça da casa. Analisando melhor a cena ela percebeu que ele havia, conseguido levar a criança em segurança para o banheiro, enquanto posteriormente encurralava a cobra noutro cômodo, num dos quartos, onde lutou bravamente com ela até que a cobra morresse, defendendo desta forma a vida do bebê que protegia.

Nesta hora a mulher perdeu suas forças e caiu em prantos sentindo um profundo arrependimento do que havia feito, pois nada mais poderia fazer para desfazer o dano que havia causado. Infelizmente no momento da fúria, ela analisou rapidamente os fatos, julgou erroneamente e culpando o cão por tudo e o acabou matando. Ato este que irá, com certeza, se arrepender pelo resto de sua vida.

Que lição nós tiramos desta estória?

Quantas vezes nós também julgamos rápido demais situações ou pessoas e quantas vezes até mesmo partimos para agressão com palavras e as vezes até mesmo com ações, antes de termos tido tempo de avaliar corretamente a pessoa ou a situação?

Isso é presunção. Uma palavra que significa acreditar demais nas suas próprias verdades, julgando pessoas e situações rapidamente a partir apenas de indícios, hipóteses ou aparências, não dando tempo para que se conheça melhor todos os fatos, não dando tempo para ouvir todos os lados da história de modo a conhecer a real situação.

Um pouco mais de paciência no concluir e no julgar pode reduzir drasticamente erros que as vezes podem nos acompanhar pelo resto da vida.

Da próxima vez que tiver vontade de concluir rapidamente sobre um assunto ou uma pessoa, lembre-se desta estória.

 

Deseja Deus que você não sofra?

Sempre ouvimos pessoas dizer: “Graças a Deus tudo acabou bem”, “Se Deus quiser, tudo vai dar certo”, “Tudo bem graças a Deus”, e outras expreessões similares.

Ainda, quando estamos numa situação difícil é normal oramos e pedirmos ajuda a Deus. Nesta hora imaginamos (e desejamos) que ele nos ouça e que possa nos ajudar.

Mas será que Deus realmente tende a nos proteger? Será que Deus realmente deseja que nós não soframos?

Baseado em que imaginamos que Deus quer o nosso bem estar? Baseado em que imaginamos que Deus poderá nos proteger, ou deseja nos proteger?

Vamos analisar alguns pontos que poderão nos ajudar a compreender melhor isso.

 

Referente à sua CRIAÇÃO

Bem, se você crê em Deus, então deve crer na criação, vamos então analisar um pouco tudo o que Ele fez. Ao olharmos para os insetos, o que vemos? Vemos insetos calmos, mansos, tranquilos ou vemos insetos que matam, brigam tem garras e carapaças, como se estivessem armados e prontos para uma guerra? Falando de alguns deles, o que faz a aranha viúva negra após o acasalamento? Mata o seu parceiro! E a fêmea do louva a deus? Come a cabeça do macho que a inseminou. Já percebeu como é um besouro? Parece um tanque de guerra, com garras enormes. E as formigas? Também dotadas de grandes garras. Já a maior parte das aranhas são venenosas e por falar em veneno, temos também o escorpião, com garras, veneno e ferrão. Por falar em ferrão, e as abelhas e as vespas? Em resumo, olhando para os insetos parece que o criador os preparou mesmo para a guerra.
Mas mudando um pouco de categoria, o que falar das cobras? Percebemos que a grande maioria delas são venenosas, não é mesmo? E se ficarmos nos repteis, ao analisarmos o jacaré e o crocodilo o que vemos? Uma dura carapaça para os proteger e uma fileira enorme de dentes que os tornam um dos maiores predadores do mundo animal.
E se formos para o mar? Temos tubarões que também matam para comer, além das orcas que antes de comer sua presa, brincam com ela num ritual cruel e perverso. Mesmo se olharmos para animais que são mais mansos, como as baleias, estes também se alimentam de seres vivos, pequenos, mas vivos.
E se migrarmos para aves tais como o falcão e águia, veremos também seres com garras poderosas e bicos que estraçalham ou seja, vemos também seres preparados para matar e nem chegamos ainda nos mamíferos tal como o hipopótamo dotado de caninos que matam. Estranho pensar que o hipopótamo tem esta “arma” quando é herbívoro, não?
Mas quando se fala em arma mortífera nada se compara aos grandes felinos tais como o guepardo, o leopardo, o tigre e o leão que são dotados de músculos, agilidade, foco, garras e caninos mortíferos, se tornando verdadeiras máquinas de matar sabendo exatamente como agir, tendo sido programados para isso. O leão quando ataca animais maiores como búfalos e hipopótamos não consegue matá-los de imediato e começam a sua refeição, devorando-os enquanto ainda estão vivos! E o que o novo macho faz com os filhotes, quando assume um bando? Mata-os todos!

Quem os programou para fazer isso? Seu criador.

Então, sendo assim bem superficial e olhando apenas algumas espécies, percebemos como o mundo animal é totalmente voltado para a luta, para a guerra constante, para a morte e para a sobrevivência do mais forte e do mais apto. Parece que o Criador quando criou os animais não desejou que estes tivessem paz.

Mas ai talvez diga: Estamos falando de animais e não de seres humanos, os humanos são diferentes.

Ainda no quesito “Suas Criações”, não podemos deixar de olhar de perto a questão do sexo.
Sim, porque nela há várias observações que demonstram que ele não pensou nem um pouco que a paz rondasse estas questões, não é mesmo?

O primeiro ponto que eu quero abordar é em relação do desejo masculino exacerbado em fazer sexo. Sim, porque o Criador dotou o homem (e praticamente todos os machos) com uma grande vontade de fazer sexo, uma vez que isso está atrelado ao hormônio masculino testosterona, que há em maior quantidade no sexo masculino.  Isso faz com que o homem tenha muito mais vontade de fazer sexo do que as mulheres e isso causa vários problemas, pois em geral o que acaba acontecendo é que os homens acabam fazendo sexo com várias mulheres, mas por outro lado se ele não fizer, também gerará outro problema, pois a vontade de fazer sexo continuará presente. O homem foi programado para copular, o máximo possível, de modo a espalhar seu sêmem e garantir a sobrevivencia da sua espécie. É a camada da razão e das regras da sociedade que freia isso. Ou não, como podemos perceber que em várias comunidades mais antigas onde um homem tem várias mulheres (desde sempre), o que também acaba causando outros problemas. Ou seja, os desejos masculinos estão em descompasso com o desejo das mulheres por consequencia em descompasso com a boa convivência em sociedade, por isso temos uma série de problemas relacionados ao sexo, por conta de todo este ímpeto que existe dentro dos homens. Percebemos aqui novamente que o Criador não levou muito em consideração que houvesse paz e a harmonia na hora de fazer o homem tão vigoroso desta forma e com tanto desejo sexual.

Ainda referente ao sexo, outro ponto importante de se notar é o fato da mulher já estar pronta para o sexo já tão cedo, em geral por volta dos 12 anos enquanto que emocionalmente ainda não está madura nesta idade e sequer tem conhecimentos e maturidade para ser mãe. Sabemos como isso tem causado problemas durante toda a história humana. Há milênios, meninas deixam de ser meninas e logo passam a ser mães enquanto ainda são crianças. Ainda hoje em várias culturas do oriente médio, elas se casam bem cedo e ainda crianças. No entanto, mesmo em culturas ocidentais onde este não é o costume, o desejo sexual também irrompe e é muito normal vermos mulheres ainda solteiras e bem jovens, já engravidarem. Assim como os homens as mulheres jovens também tem muito desejo sexual. Novamente vemos o desejo sexual imenso colocado pelo criador em suas criaturas, não demonstrando nenhum alinhamento com a paz e harmonia, nem tão pouco vemos qualquer demonstração de preocupação com o bem estar dos humanos, ele só queria que procriassemos e o quanto antes possível, de modo que a raça humana realmente abundasse na terra.

Por fim, não posso deixar de analisar o formato do pênis humano com sua glande. Este formato, juntamente com os movimentos de vai e vem do sexo e com a ejaculação no final, se torna, antes de ser uma ferramenta fecundadora, mas inicialmente, uma “bomba limpadora de sêmem”. Ou seja, uma ferramenta propícia para retirar o sême de um possível parceiro anterior, de forma a deixar apenas o sêmem deste último que copulou. Ou seja, assim como no mundo animal, parece que o Criador desejava mesmo que apenas o mais apto pudesse gerar decendência, independentemente de qualquer outra coisa e pensando que a mulher pudesse, no período fértil, ainda ter tido relações com mais de um parceiro.

Em resumo, ao analisarmos o sexo, os desejos sexuais humanos, de homens e mulheres e toda a anatomia envolvida, percebemos que a paz não era, de forma alguma, o que o criador intencionou para o homem, pelo contrário, fica nítido que o objetivo era apenas o de dar continuidade à espécie, independente das dores e danos que isso pudesse causar. E isso é uma realidade em toda história da humanidade, quero dizer, todos sabemos quantos problemas e mortes ocorreram e ainda ocorrem por causa do sexo.

Ou seja, ao analisarmos friamente a natureza e a criação, não vemos moral alguma, pelo contrário, vemos apenas que tudo foi feito para haver sexo da forma mais animal, rápida e procriatória possível, sem dó nem piedade dos seres humanos.

Referente aos seus “SEUS” LIVROS SAGRADOS

Vamos analisar algumas posturas de Deus em algumas passagens tanto da Bíblia como do Alcorão (e com isso abordaremos os Judeus, Cristãos e Muçulmanos)

Que tal analisarmos o que aconteceu no Dilúvio?
Houve mortes ali? Sim, e muitas. Segundo alguns historiadores, se o dilúvio bíblico realmente aconteceu ele matou bilhões de pessoas, sim pois desde Adão e Eva, com a taxa de natalidade nas alturas e os seres humanos morrendo com centenas de anos, isso faz com que a população literalmente exploda em números. No entanto, todos morreram e porquê? Porque rejeitaram entrar numa arca, feita por um homem e sua família que vivia longe, muito longe do mar. Pense bem, se hoje um velho construísse uma arca de madeira no meio da sua cidade e dissesse que Deus falou com ele e que Deus irá destruir todos que não entrarem na arca, você entraria nesta arca? Bem, se sua resposta foi não, então você está condenado a morte, afinal, foi exatamente o que aconteceu lá no passado (segundo a Bíblia). Bem, mas o ponto aqui é vontade de matar e só no Dilúvio o Deus da Bíblia já mostrou que ele realmente não estava nem aí para aquelas pessoas. Imagine quantas não oraram pedindo salvação. Adiantou? Que nada, todas morreram. Importante dizer que o dilúvio consta tanto da Bíblia Judaico/Cristã como do Alcorão.

Andando mais um pouco na história e chegamos a Abraão, um homem chamado como “amigo de Deus”. O que a história de Abraão tem a nos dizer sobre Deus?
Esta sem dúvida é uma das maiores provas que Deus realmente quer mais é ver o circo pegar fogo. Nem vou falar do fato dele ter pedido para Abraão sacrificar seu filho amado, Isaque. Isso é fichinha perto do que ele estava tramando. Mas para você entender, preciso contar um pouco da história de Abraão

Abraão era um homem temente a Deus que vivia em contato com ele, era um astrólogo e lia as estrelas. Era um homem bom, humilde e próspero. Deus gostava de Abraão ao ponto que chegou para Abraão e disse: Sai da sua terra, da terra da sua família e vá para uma terra que eu irei te mostrar. E assim fez Abraão, largou tudo e foi morar em tendas, indo para uma terra prometida por Deus. Neste momento Deus abençoa Abraão e diz que a descendência dele seria grande, muito grande, tal como as estrelas que há nos céus ou como os grãos de areia que há no mar, e que seria abençoada, muito abençoada.
Bem, tudo bom exceto por um fato, Abraão não tinha filhos, sua esposa Sarah era estéril !!! E agora?
Dado um certo momento da vida deles, Sarah preocupada que havia uma benção e uma profecia proferida para Abraão e que ela era o impeditivo para que esta profecia se cumprisse, Sarah teve uma ideia e pediu para que Abraão tivesse relações sexuais com sua escrava, Agar e que esta desse a luz entre suas pernas, para que Sarah sentisse que aquele filho fosse como se fosse dela. E assim se deu. Abraão foi lá e transou com Agar e desta relação nasceu Ismael. Pronto, agora a profecia poderia se cumprir e Sarah estava mais tranquila. Ismael já era um moço e Sarah estava já bem mais velha quando eis que surgem dois viajantes e Abraão os acolhe. Qual não foi a surpresa quando os viajantes dizem que eram anjos e que vieram trazer uma mensagem de Deus de que Sarah daria a luz a um filho. Sarah ouviu isso lá da cozinha, riu e pensou: imagine, quando era jovem eu era estéril, imagine agora que já sou velha, se vou ser capaz de ficar grávida. No entanto, anos depois lá estava Sarah grávida, assim como os homens disseram e porque ela riu, o nome do menino veio a ser Isaque, que significa riso.
Bem, agora eles tinham um problema e sério! Abraão e Sarah já eram velhos e Isaque era uma criança, além disso, Isaque tirou todo o brilho de Ismael e de Agar, afinal, quando Abraão e Sarah morressem Ismael seria o descendente prometido, aquele quer herdaria tudo e se por acaso Agar estivesse viva, ela seria a mãe do descendente. No entanto, agora com o nascimento de Isaque tudo muda de figura e Sarah começou a ficar muito preocupada com a integridade física de Isaque, caso ela e Abraão morresse. Afinal, seria muito fácil para Agar e Ismael matarem Isaque e fazerem com que tudo voltasse a ser como era antes, tendo Ismael como descendente. Ai, com medo, Sarah pede para que Abraão mande Agar e Ismael embora. Abraão reluta mas Deus num sonho manda que ele a ouvisse e Abraão assim o faz e manda embora Agar e Ismael. Bem, a história parece que terminou bem, mas não!
De Ismael vieram os Ismaelitas que posteriormente se tornaram todos os Árabes do Oriente Médio que num dado momento recebem ninguém menos do que Maomé e deste nasce o Alcorão e os Muçulmanos.
Já de Isaque veio Jacó, que teve seu nome alterado para Israel, que teve 12 filhos sendo um deles Judá, que foi o patriarca que deu origem aos Judeus.
Agora eu te pergunto: quem é o filho que é o descendente que tem direito à terra prometida? Ismael, o primogênito, filho de Agar a escrava ou Isaque, filho de Sarah a esposa legítima?
Compreende melhor agora porque estes dois povos tanto brigam pela palestina e por Jerusalém? Ambos acham que aquela terra foi prometida ao antepassado deles, um acha que foi Ismael e o outro acha que foi Isaque. Entende também agora porque o Judeu tem que vir do ventre judeu? Porque se o Judeu privilegiar o primogênito, ele estará dando a terra prometida a Ismael, que foi o primogênito de Abraão. Enfim, mas não importa, o que importa é Deus criou a maior briga de todas, a maior dentre todas as contendas humanas! Uma briga que dura milênios, que já ceifou milhões de vidas e que até hoje ainda ceifa e pelo que tudo indica, não parece que vai ter um fim tão cedo.
Mas como se não bastasse, ele ainda foi lá e colocou uma cereja neste bolo! Anos depois fez com que o seu “filho” nascesse ali, justamente ali, em Jerusalém! Ele viveu e morreu ali e deste “filho” vieram os cristãos que também olham para Jerusalém como uma terra santa e também se sentem donos dela. Já ouviu falar das Cruzadas? Pois então, nelas Muçulmanos e Cristão lutaram por Jerusalém por séculos com milhões e milhões de mortes e muito derramamento de sangue.

O que te parece? Deus gosta ou não gosta de um derramamento de sangue?

Olhando ainda para outras partes da Bíblia, poderia citar inúmeras passagens que mostram morte, execução, guerras e quanto Ele fomentou isso, mas uma delas em especial me chama muito atenção, é uma história que aconteceu com o Rei Saul.
Deus mandou Saul ir ajustar as contas com os Amalequitas, mas veja a ordem D’Ele para Saul:
“Agora vai, e tens de golpear Amaleque e devotá-lo à destruição, junto com tudo o que ele tem, e não deves ter compaixão dele, e tens de entregá-los à morte, tanto o homem como a mulher, tanto a criança como o bebê, tanto o touro como o ovídeo, tanto o camelo como o jumento.”
O texto continua:
Conseqüentemente, Saul convocou o povo e fez a contagem deles em Telaim, duzentos mil homens a pé e dez mil homens de Judá. E Saul passou a chegar até a cidade de Amaleque e a pôr-se de emboscada junto ao vale da torrente. Entrementes, Saul dissera aos queneus: “Ide, retirai-vos, descei do meio dos amalequitas, para que eu não te arrase junto com eles. Quanto a ti, usaste de benevolência para com todos os filhos de Israel no tempo em que subiram do Egito.” Portanto, os queneus retiraram-se do meio de Amaleque. Depois, Saul foi golpear Amaleque desde Havilá até Sur, que está defronte do Egito. E chegou a pegar vivo a Agague, rei de Amaleque, e todo o resto do povo ele devotou à destruição com o fio da espada. Mas Saul, e o povo, teve compaixão de Agague e do melhor do rebanho e da manada, e dos cevados, e dos carneiros, e de tudo o que era bom, e não quiseram devotá-los à destruição. Quanto a todos os bens que eram desprezíveis e rejeitados, estes devotaram à destruição.
Bem, veja que Saul teve COMPAIXÃO de Agague, o rei de Amaleque, mas o que Deus achou disso?
Veio então a palavra de Jeová a Samuel, dizendo: 11 “Deveras deploro ter feito Saul reinar como rei, porque recuou de me seguir e não cumpriu as minhas palavras.”
E o que Samuel, outro homem, achou disso? Veja:
E isso era aflitivo para Samuel, e ele foi clamar a Jeová a noite inteira.
Ou seja, Saul teve compaixão, mas Deus não. E Samuel ficou insistindo para Deus ter. Fala sério!?
Ah, e para terminar essa história, Deus passou a rejeitar Saul como rei e foi escolher outro pra colocar no lugar dele. Davi. Que matou também um monte de gente!
Ou seja, não tinha conversa na época que Deus e seu povo (Israel) estavam juntos, era morte, morte e mais mortes! O fio da espada comia solto e era sangue pra todo lado.
Por falar em sangue, já viu o que Deus pedia para que seu povo fizesse? Veja o que diz Levítico:
E Jeová passou a chamar Moisés e a falar-lhe desde a tenda de reunião, dizendo: “Fala aos filhos de Israel, e tens de dizer-lhes: ‘Caso algum homem vosso apresente a Jeová uma oferta dentre os animais domésticos, deveis apresentar a vossa oferta dentre a manada e dentre o rebanho. “‘Se a sua oferta for uma oferta queimada da manada, deve apresentar um macho sadio. Deve apresentá-la de sua própria vontade à entrada da tenda de reunião perante Jeová. E tem de pôr sua mão sobre a cabeça da oferta queimada e ela tem de ser favoravelmente aceita em prol dele, para fazer expiação por ele. “‘Então tem de se abater o vitelo perante Jeová; e os filhos de Arão, os sacerdotes, têm de apresentar o sangue e aspergir o sangue ao redor sobre o altar que está à entrada da tenda de reunião. E a oferta queimada tem de ser esfolada e cortada nos seus pedaços. E os filhos de Arão, os sacerdotes, têm de pôr fogo sobre o altar e colocar a lenha em ordem sobre o fogo. E os filhos de Arão, os sacerdotes, têm de colocar os pedaços em ordem, com a cabeça e o sebo, por cima da lenha que está sobre o fogo que há no altar. E seus intestinos e suas pernas serão lavados com água; e o sacerdote tem de fazer toda ela fumegar sobre o altar, como oferta queimada, uma oferta feita por fogo, de cheiro repousante para Jeová. “‘E se a sua oferta como oferta queimada for do rebanho, dos carneirinhos ou dos caprídeos, apresentará um macho, um sadio. E ela tem de ser abatida ao lado setentrional do altar, perante Jeová, e os filhos de Arão, os sacerdotes, têm de aspergir seu sangue ao redor sobre o altar. E ele tem de cortá-la nos seus pedaços, e sua cabeça e seu sebo, e o sacerdote tem de colocá-los em ordem por cima da lenha que está sobre o fogo que há no altar. E lavará os intestinos e as pernas com água; e o sacerdote terá de apresentar toda ela e fazê-la fumegar sobre o altar. É uma oferta queimada, uma oferta feita por fogo, de cheiro repousante para Jeová.
Viu? O cheiro desta morte e de todo este ritual era um cheiro repousante para Deus!!!

E um pouco antes de Levíticos ser escrito, quando os Israelitas ainda estavam presos no Egito, o que fez Deus com Faraó? Endureceu seu coração, diz a Bíblia. Com que resultado? 10 pragas e muitas, muitas mortes, terminando com a morte dos primogênitos onde muitas crianças morreraram.

Bem, mas como disse, se ficar falando de mortes na Bíblia, vou ter que escrever quase outra Bíblia afinal, ela está repleta destas passagens onde Deus mata ou manda matar ou tem repouso com a morte. Na verdade, se formos contabilizar todas as mortes causadas por Deus, na Bíblia, chegaremos a 2.476.633 mortes, sem contar aqueles que morrerarm no Dilúvio. É muita morte, não? Ou Deus que gosta de matar, viu? Ah… comparativamente (embora vou deixar isso apenas como um dado curioso) Satanás foi o responsável por apenas 10 mortes. Verdade, não estou de brincadeira! É pra deixar você pensando mesmo.

E se formos falar do Alcorão? Bem não sou um grande conhecedor do Alcorão como sou da Bíblia, mas já li várias passagens de que Alah deseja a morte dos infieis. Até mesmo por isso que os radicais islâmicos são terroristas e desejam matar todos nós do ocidente porque é a vonta de Alah! Ou seja, parece que Alah e Jeová são irmãos ou primos nesta história de querer a morte e o contínuo derramamento de sangue, muito sange!!!

Mas e se falarmos agora de coisas mais recentes?

Referente à HISTÓRIA DA HUMANIDADE

E o que dizer sobre a história de nós humanos? Quantas mortes, não é mesmo?
As vezes a impressão que dá é que nascemos só para morrer um dia.

Mas falando um pouco mais sobre as mortes durante toda a história, quantas catástrofes naturais, não é mesmo?

  • Terremotos
  • Vendaváis
  • Furacões
  • Tufões
  • Tsunamis
  • Vulcões
  • Chuvas violentas
  • E várias outras violencias da  natureza contra nós seres humanos

Será que nestes momentos ninguém orou e pediu ajuda a Deus? Sem dúvida que sim! E a quantos ele atendeu?

E se formos falar das doenças? Quantas doenças já não assolaram a humanidade e ainda assolam? Quantos não morrem de câncer hoje? Quantos já não morreram de Tifo, Febre amarela, Malária e várias outras, sem falar daquelas que ceifaram milhões de vidas de uma só vez como a peste negra no século XIV e outras similares em outros momentos. Só a peste negra ceifou entre 25 e 75 milhões de pessoas!

Será que nestes momentos ninguém orou e pediu ajuda a Deus? Sem dúvida que sim! E a quantos ele atendeu?

E se formos falar das guerras, quantas guerras já existiram ao longo da história humana? Nem vou falar das guerras bíblicas, quando Israel invadiu Canaã a partir de Jericó, Ai e assim por diante, aniquilando todos que viam pela frente, pela espada de Jeová, mas vou falar das milhares de guerras que existiram quando Gengis Khan, por exemplo tomou conta de quase todo continente Europeu, depois Alexandre o Grande, Napoleão, Hitler e inúmeros outros antes e entre estes. E nas Cruzadas, quantos milhões não morrerarm por Jerusalém? E nas duas grandes guerras, na primeira e na segunda guerra mundial, já imaginaram quantos não morreram nestas guerras, incluindo Hiroshima e Nagazaki?

Será que nestes momentos ninguém orou e pediu ajuda a Deus? Sem dúvida que sim! E a quantos ele atendeu?

E se formos falar da fome? Quantos já não morreram de fome durante toda a história da humanidade? E hoje, quando olhamos para a Africa por exemplo e vemos aquelas crianças que são só pele e osso, como é triste!

Será que nestes momentos ninguém orou e pediu ajuda a Deus? Sem dúvida que sim! E a quantos ele atendeu?

E se formos falar da escravidão? Talvez nem seja bom nos lembrar que a escravidão era permitida nos tempos bíblicos e consta da Bíblia como algo normal, com regras sobre como tratar os escravos incluindo o direito de matá-los conforme a transgressão. Mas vamos rever este momento mais próximo da nossa atualidade, quando milhões de negros morriam no trajeto da África até as Américas ou morriam depois quando era tratados pior do que animais. Quanto os negros não sofreram, não é mesmo?

Será que nestes momentos ninguém orou e pediu ajuda a Deus? Sem dúvida que sim! E a quantos ele atendeu?

Referente à ÀS GRANDES QUESTÕES DA HUMANIDADE

A pergunta que não quer calar é: Você já viu Ele atendendo ou respondendo qualquer uma destes pedidos, destas orações?

A impressão é que na maioria esmagadora ou talvez até mesmo na totalidade a resposta é Não, Não Ele nunca atendeu a qualquer um destes pedidos.

E da mesma forma não atende a outros pedidos humanos já feito há milênios, questões recorrentes de toda a nossa história, tais como:
• Da onde viemos?
• Porque estamos aqui?
• Para onde vamos?
• O que acontece na morte?

Afinal, será que é tão difícil nos responder tais perguntas? Porque tanto mistério sobre estes assuntos? Se ele é o criador de tudo, ele poderia responder a tais perguntas, não é mesmo?

Ainda, quando que ele REALMENTE apareceu para a humanidade, de forma inequívoca, de forma clara, de modo a não deixar dúvidas?

Não vale dizer nos tempos bíblicos, para Abraão ou mesmo por ocasião do êxodo dos israelitas do Egito, afinal, sequer sabemos se isso de fato ocorreu. Exceto os textos bíblicos não há nenhuma comprovação histórica de que estas coisas realmente ocorreram, ao contrário, tudo leva a crer que nada disso ocorreu.

O mesmo pode-se dizer sobre a figura de Jesus. Não há nenhuma comprovação histórica de que Jesus realmente existiu. Novamente o único relato que temos é a Bíblia, um livro composto e 325 DC com o único objetivo de dar base de sustentação à igreja Católica, pela mão do general romando Constantino.

Ou seja, tudo o que lemos na Bíblia é extremamente frágil e duvidoso e grande parte do que nela está escrito tende a ser mito ou histórias para manipular massas. Com isso concluímos que os seus personagens, mesmo o Jeová e o Jesus não tem muito a ver com o Criador, sendo apenas pessoas mais desenvolvidas ou “iluminadas”, conforme um certo ponto de vista.

Mas então, porque o criador se esconde tanto? Será que existe mesmo um Criador?

Eu particularmente não consigo achar outra forma de explicar tudo que está a nossa volta sem a existência de um Criador, alguém que tenha feita tudo isso. No entanto estou longe de crer que ele é um pai amoroso e preocupado conosco. Uma análise fria e honesta dos acontecimentos nos mostram que ele realmente não é assim e isso está muito mais conectado à nossa carência e ao nosso desejo humano do que ao fato de que Ele realmente seja assim.

Se você for pai ou mãe sabe como é ruim não responder a um choro de seu filho, a um pedido de seu filho. Ele não responde a nada, a nenhum dos nossos pedidos, a nenhum dos nossos choros, não reage a nenhum sofrimento humano, nada, nunca respondeu de fato.

Por exemplo, imagine que você não sabe quem é seu pai e sua mãe, isso não causaria angústia? E e vocês morasse com uma pessoa que soubesse quem eles são, e ela não te contasse, já imaginou como isso seria ruim?

E voltando ao Criador, já imaginou quanto mal estar, quantas brigas e mortes seriam poupadas se tivéssemos estas respostas?

Porque será então que ele não nos responde?
Pense, quando alguém te pergunta alguma coisa e você sabe a resposta, porque não responderia? Bem, a única conclusão que eu chego é que não seria bom para nós se soubessemos de toda a verdade. Sim, esta parece ser a resposta mais coerente: Porque a resposta não é boa para nós, para quem está perguntando. Não é bom que saibamos!

Por exemplo, imagine que você trabalha numa empresa e está ouvindo boatos que a empresa vai quebrar (e ela vai mesmo, mas o dono está querendo se aproveitar de você até o seu último suspiro) e ai, você chega até o dono e pergunta: Sr. Nossa empresa vai quebrar?
Se ele responder que vai e que você vai ficar sem salário, provavelmente você vai embora e irá prejudica-lo. Mas ele não quer mentir para você, então o que ele faz? Se cala! Sim, se cala! Fica quieto, não responde, não fala nada. Com isso, muitos vão achar que isso é só um boato e isso vai fazer com que muitos continuem trabalhando.
Bem, esta é a minha única explicação do porquê do silêncio de Deus quanto as principais perguntas da humanidade. Mas isso é outro assunto.

 

CONCLUSÃO

Antes de concluir este artigo gostaria de deixar a minha opinião, que é: Vários fatores me levam a crer que o Deus da Bíblia bem como o do Alcorão NÃO É O CRIADOR!!!

Bem, isso já alivia um bocado, não é mesmo? Quero dizer, nem o tal de Jeová nem o tal de Alah ou mesmo Jesus parecem ser o nosso Criador.

Jesus nem deve ter existido, ele é uma metáfora, um avatar, conforme vários outros anteriores a ele, que também nasceu de uma Virgem, tinha 12 apóstolos, morreu numa cruz, foi ressucitado no terceiro dia, dentre várias outras coisas. Veja isso super em explicado aqui: https://vimeo.com/14661802

Mas voltando, isso não alivia muito quanto as outras observações, como quando olhamos a Criação, a Historia da Humanidade, as Catástrofes naturais, as Doenças, as Guerras, a Escravidão, as Grandes questões da humanidade, etc…

Mas acho que uma conclusão que podemos obter de toda essa análise é que é inocente e imaguro da nossa parte achar que Deus não quer que soframos. Afinal não há nada que nos leve a esta conclusão, exceto o nosso desejo de não querer que isso seja verdade.

Pelo contrário, Deus (se ele existir mesmo) não parece estar muito preocupado se iremos sofrer ou não e se Ele olha para nós, parece que nos vê como uma coletivo. Não duvido até que ele possa ter interferido com um ou outro humano ao longo da história, mas mesmo assim, não é para protegê-lo, não, pelo contrário, imagino que foi por interesse próprio e deve ter sido apenas para dar a estes um pouco mais de esclarecimentos ou “iluminação” para que estes ajam em concordância com seus propósitos pessoais.

Talvez uma conclusão mais amena disso tudo é pensar que Ele nos quer fortes, batalhadores, sobreviventes, vencedores, tais quais os animais que lutam pela sua sobrevivencia e, desde que DENTRO DA MESMA ESPÉCIE e nesta circunstância, Darwin tinha razão, é realmente a lei do mais forte que impera e o mais apto sobrevive e continua!

Com os seres humanos não é diferente. Parece que o mais forte, o mais apto deve viver e gerar descendência, só assim a raça humana irá melhorar e progredir. E o pior é que não dá  pra falar que ele este errado, pois de fato progredimos ao longo destes mais cerca de 6.000 (ou 10.000) anos de existência humana a a Raça Humana cresceu e progrediu um bocado!

Quem nos quer iludidos com um Deus amoroso é a religião. Deus é amoral, ele não tem moral e não parece que deseja que tenhamos. Isso não significa que não devemos ter, mas ele não demonstra nem um pouco o desejo que tenhamos. Ele quer mais é que procriemos e lutemos para sobreviver e que vença o mais apto, o mais forte.

Já a religião não, a religião nos quer com moral, com medos, receiso, pudicos, brandos, quietos, com medo, etc. Porque? Porque assim somos massa de manobra fácil para ela. Veja se ela aprova qualquer um que bata de frente com o que ela ensina? De forma alguma. Seja a Católica, protestante ou mesmo as Testemunhas de Jeová. Ninguém que saber de quem contesta, de quem pensa, de quem acha a verdade. Todas elas querem a ovelha, o cordeirinho, o manso. Óbvio!

Mas deixo aqui um parênteses, parece que as vezes, em alguns casos, algumas pessoas realmente parece acabar sendo protegidas.  A conclusão que eu chego é que esta pessoa se alinhou energeticamente com camadas do emocional ou do mental e isso a protegeu. Isso a fez magnetizar coisas “boas” para ela mesmo. Mas isso não é proteção divina, isso é apenas magnetismo. Mas isso é outro assunto.

O fato é que os mais aptos, fisica ou espiritualmente levam vantagem. Notem portanto que a preocupação DEle é sempre com Ele, ou com a raça humana de forma coletiva, e nunca com um de nós individualmente.

Quero terminar dizendo que muito embora acredite que fomos criados, não acho que este Criador é doce e bonzinho como a maioria das pessoas em geral pensam, ou que ele pensa na gente de forma individual e nem tão pouco deseja que não soframos.

Mas isso não o torna um ser ruim ou do mal. O que eu leio é que ele tem um projeto muito maior do que os meus desejos pessoais e que ele quer que A HUMANIDADE CRESÇA, tal qual as folhas de uma árvor que, quando você poda os galhos e mata várias folhas, você não pensa nas folhas, mas pensa na árvore, quer que ela dê frutos, que seja saudável, cresça e seja frondosa. Você não cuida de uma ou outra folha, mas cuida da árvore. Sabe que as folhas vão cair, e sabe que outras virão, que também vão cair e outras virão e cairão e assim suscessivamente e no decorrer dos anos, a árvore crescerá e ficará frondosa e bonita. Neste exemplo a árvore é a humanidade e nós somos as folhas. As folhas não tem proteção alguma, nascemos para trazer energia à árvore e fazer dela (a raça humana) uma árvore saudável e frondosa.

Assim sendo, o Criador gosta de pessoas fortes, capazes de suportar dores e dificuldades. Se você for uma destas pessões, quem sabe poderá ter algum favorecimento, alguma “benção” momentânea e quem sabe poderá até ser útil a Ele em algum de seus planos ou propósitos. Mas não se iluda, nada indica que isso acontecerá de fato.

Assim sendo, o que nos resta é apenas crescer e ser fortes, lutar e torne-se competente, aprimorando-se constantemente, tendo postura e um bom caráter afinal, se Deus existe, parece que é isso que ele quer de nós, até que a morte nos sobrevenha.

Mas deixei claro, nada apoia a idéia que ele nos protege portanto, cuidado ao pedir algo a Ele, pode ser que ele responda e poderá não ser exatamente o que você deseja.

A verdade é que a vida lhe fará pingar, se não for de suor será de lágrimas, mas você vai pingar.
Então, que seja de suor!

E terminando, arriscando um palpite sobre o objetivo de tudo isso, por ora só me resta concluir que ele quer viver experiências, todas elas, tanto as boas como as ruins. Não só prazer mas também a dor, não só a alegria, mas também o sofrimento. A impressão que eu tenho é que este (ou estes) que nos criou quer aumentar em sabedoria através das nossas experiências, mas isso é uma outra e longa história.

Finalizo dizendo que, tudo isso posto, não parece que o Capitalismo com toda a sua competição e pressão é “divino” rsrsrs, ao contrário do que os socialistas fracotes e perdedores pensam. Mas isso também é outra história.

LANÇADO O CURRICULUMAPP, O COMUNICADOR DO EMPREGO

UM APLICATIVO DE CELULAR QUE VAI MUITO ALÉM DE APENAS OFERECER VAGAS, MAS QUE OFERECE COMUNICAÇÃO EM TEMPO REAL COM EMPRESAS

A Curriculum, hoje a mais completa plataforma de Recolocação, Recrutamento e Seleção Online, oferece agora o mais completo aplicativo para quem busca emprego, com avisos automáticos de vagas casadas, convites e monitoramento de processos seletivos, artigos para quem procura emprego e chat para estabelecer contato direto com as empresas que contratam.

São Paulo, maio de 2015 – A Curriculum.com.br, um dos maiores sites de empregos e recrutamento online da América Latina, que administra mais de 10 milhões de currículos não duplicados, sende que destes, mais de 8.2 milhões de currículos estão disponíveis para busca, acaba de lançar seu aplicativo com ferramentas para buscar emprego por meio de dispositivos móveis como celulares smartphones e tablets.

Para atender às necessidades atuais de ampla comunicação e ao crescente público que prefere cada vez mais os dispositivos móveis para acessar a Internet, a Curriculum desenvolveu seu aplicativo.

Diferente de qualquer outro o aplicativo, o da Curriculum oferece várias soluções bastante pertinentes para quem busca um novo emprego:

  • Busca de vagas: Assim como na plataforma web, o candidato poderá buscar vagas livremente.
  • Alerta de vagas casadas: Qualquer usuário da Curriculum pode criar um ou mais alerta das vagas que interessam. Quando uma vaga que se encaixa com seu perfil, ela é disponibilizada no aplicativo.
  • Convite: A Curriculum oferece um serviço especial chamado Convite, que permite que as empresas convidem candidatos para seus processos seletivos. Estes também estarão sendo exibidos no aplicativo da Curriculum;
  • Artigos: Uma biblioteca bastante rica em artigos pertinentes para quem busca um novo emprego estará também sendo exibida no aplicativo da Curriculum;
  • Monitoramento de Processo Seletivo: Na Curriculum o candidato pode monitorar todos os processos que participa, seja por ter se candidatado a uma vaga, seja por ter respondido sim a um convite. O Monitoramento também consta do App da Curriculum.
  • CHAT: Este sem dúvida é a grande vedete deste aplicativo. A Curriculum oferece em sua plataforma a possibilidade para as empresas de entrarem em contato diretamente com os candidatos, através de uma plataforma de CHAT na web. Agora, este CHAT esta presente também neste aplicativo da Curriculum. Todo usuário que tiver o aplicativo instalado, poderá receber a qualquer momento um solicitação para conversa, como qualquer outro aplicativo de conversas em tempo real.

“O novo aplicativo da Curriculum é como um canivete suíço para quem busca um novo emprego. Bastante completo e com os serviços essenciais para quem está em busca de uma recolocação. Nosso aplicativo é um grande aliado para ajudar nossos candidatos a encontrar um novo emprego, um canivete suíço digital, uma ferramenta que não só exibirá para ele as oportunidades que mais se encaixam com seu perfil como permitirá que ele se mantenha conectado não só com estas oportunidades de emprego, mas também com as empresas que estão contratando. Com o novo aplicativo da Curirculum, mesmo se ele estiver preso no trânsito ou em outras situações em que ele só dispõe do celular para acessar a rede ele não só fica ciente das oportunidades como pode até mesmo passar por uma entrevista via CHAT, por uma empresa interessada, mesmo estando longe de seu computador pessoal. É o WhatsApp do emprego!”, comenta Marcelo Abrileri, presidente da Curriculum.com.br.

Por todos estes serviços, a Curriculum está chamando este aplicativo de O COMUNICADOR DO EMPREGO.

“A Curriculum foi a primeira empresa de Recolocação, Recrutamento e Seleção Online do mundo a oferecer um Chat entre candidatos e empresas e agora, estamos bastante orgulhosos de conseguir oferecer isso também através de um aplicativo de celular. Esperamos que este novo aplicativo ajude todos nossos candidatos neste momento tão delicado, onde estamos vendo o desemprego crescer dia a dia. E quero ressaltar que ficamos também muito felizes de conseguir estar oferecendo mais este serviço forma gratuita” complementa Abrileri.

“Mas há mais novidades no forno vindo ai e em breve estaremos fazendo mais um importante anúncio, aguardem”, conclui o Presidente da Curriculum.

O CurriculumApp, ou o Comunicador do Emprego, o aplicativo de celular da Curriculum é totalmente gratuito e qualquer usuário do da Curriculum poderá baixa-lo, instalá-lo e utilizá-lo sem custo algum. Àqueles que ainda não são usuários, é necessário apenas fazer o cadastro do currículo, quem também é totalmente gratuíto.

No entanto, a Curriculum oferecer serviços pagos para quem pode investir em seu processo de recolocação profissional. São serviços opcionais e não obrigatórios que tem como objetivo aumentar as chances do candidato ser chamado para uma entrevista presencial e, desta forma, se propõem a reduzir o período do desemprego, o tempo da busca por um novo emprego.

Você poderá saber mais sobre o aplicativo da Curriculum em:

www.curriculum.com.br/curriculumapp

image003

Deus e a Maldade no mundo

Menor invade residência, decepa a cabeça de bebê, estupra a mãe e esfaqueia ela e outra criança de três anos

http://www.portalonorte.com.br/plantao190-69045-menor-invade-residencia-decepa-a-cabeca-de-bebe-de-um-ano-esfaqueia-a-mae-e-outra-crianca-de-dois-an.html

Diante da notícia acima descritas, algumas pessoas se perguntam:
– Deus existe? Onde ele está? Porque ele permite que isso aconteça?

Meu ponto de vista atual sobre este assunto é o seguinte:

Imagine que você está criando formigas, sim, você é criador e está agora concebendo, elaborando e construindo as formigas.

Provavelmente você primeiro atenderá ao objetivo do porque você as está fazendo, sim, pois há um motivo de você as fazê-las. Por mais banal que este possa ser, há um motivo.
Digamos que o motivo é que elas façam buracos no solo, que o deixem ficar mais aéreo, de modo que o ar possa fluir dentro dele.
Bem, dado o tamanho delas e a quantidade de solo que precisa aerar, vai precisar de um exército de milhões delas. Então, incentivará a procriação e similar as abelhas, criará
formigas rainhas capazes de botar milhões de ovos. Ai, fará com que as formigas vivam em torno desta rainha, cuidando dela, dando alimento especial a ela, cuidando dos ovos, etc…

Enquanto isso, precisa colocar nas formigas força de reação caso o formigueiro seja atacado.

Ai, precisa também aposentar a rainha caso ela bote menos de uma quantidade de ovos por dia, pois neste caso, ou ela estará doente ou velha. Ai, nesta hora, utilizará a energia
de ataque das formigas para que elas acabem com a rainha de maneira rápida, para que sua morte seja o mais indolor possível. Mas como as formigas vão atacar a rainha? Resolve
que ela produzirá um hormônio específico que irá exalar um cheiro característico que atiçará as formigas a atacá-la.
Bem, e assim você vai construindo as formigas, criando hormônios, feronômios, ações e reações, estruturas, formas, etc…
Mas quando terminar seu trabalho, perceberá que se, de repente, a rainha tropeçar sequencialmente em 5 formigas, ela vai acabar produzindo aquele mesmo hormônio da dificuldade de botar ovos e ai, será atacada. Da mesma forma, uma formiga que tivesse tomado contato demasiadamente com ovos durante o dia, também poderia produzir o mesmo hormônio. Você faz cálculos e mais cálculos, mas percebe que não consegue mudar isso, pois implicaria em uma série de outras coisas, e ai, cria formas disso acontecer o mínimo possível mas não consegue evitar por completo que isso aconteça.

Até que você enfim termina seu trabalho de criar as formigas e lá está você agora as observando num formigueiro que está dentro de um aquario de vidro.

Imagine esta cena….

Agora imagine as coisas todas acontecendo conforme você planejou… tudo direitinho.
No entanto, ocorre que uma formiga rainha tropeçou 5 vezes e exalou o hormônio e as formigas agora as estão atacando.
Eu te pergunto: Você vai interferir?
Provavelmente não, você vai apenas observar, afinal, elas estão se comportando totalmente dentro do previsto, do esperado, do programado por você. Mais do que isso, elas não conseguem agir diferentemente do que elas são. Tudo o que elas fazem, tudo, foi você que fez, é obra sua. Então, se uma formiga matar outra, isso estará dentro do
programa previsto. Se uma formiga for gentil com outra, isso estará dentro do programa previsto. TUDO está dentro do programa previsto, TUDO! Nenhum formiga será capaz de criar uma ação sequer, fora do que você programou.

Ai, você olha para este formigueiro e vê ele crescendo e a terra ficando toda aerada, como você gostaria. E mesmo havendo um ou outro percalço, as formigas vivem bem e prosperam.

Conclusões:
– Não é porque elas não enxergam seu criador, que Ele não existe
– Não é porque elas sofrem, que seu criador não existe
– Não é porque tudo não é sempre perfeito, que seu criador não existe
– O criador delas não interagem em nada com o dia a dia delas, ele fez o programa e agora só assite (se é que assiste)
– O fato delas morrerem e sofrerem não a faz imaginar que são frutos de uma evolução
– Elas podem até criar um livro interessante para tentar gerir a conduta e trabalhar a esperança delas, mas este livro não foi escrito pelo criador delas.
– Pode ser dificil para algumas delas descobrir que mesmo tendo sido criadas, estão a mercê de sí próprias, dentro das regras e limitações que o criador dela as fez.

Ou seja, concluo então, que tudo o que acontece hoje na terra, tudo, está dentro do programa do Criador.

Para mim existe sim um criador, mas não há nada para pedir desculpas a ele, nada, absolutamente nada. Se alguém matar, estuprar, explodir uma bomba atômica, what
ever, qualquer coisa… tudo está dentro da matriz de possibilidades que ELE CRIOU!

Então, não há pecado, não há culpa de nada.
Se há pecado ou culpa, é nós em relação a nós mesmo, mas NUNCA entre nós e o Criador.

Por isso entendo que não há um comportamento a ser perseguido para “agradar a Deus”, há um comportamento a ser perseguido para agradar ao próximo, aos que te cercam, sua família, seus amigos e a sociedade, mas nunca para agradar a Deus. Qualquer comportamento agrada a Deus uma vez que todos os comportamentos foram pré-concebidos e criados por ele. Ele nunca poderá culpar ninguém por este ou aquele comportamento, uma vez que todos nós agimos e reagimos dentro da matriz de possibilidades que ele criou.

Então, não é porque há maldade no mundo, que ele não existe.
Para mim ele existe e a maior prova de que isso é verdade é a complexidade extrema de tudo que nos cerca. O bem ou o mal não explicam a existência ou a inexistência de Deus, a complexidada que nos cerca, sim.

Então sabendo que as regras, leis, normas, conduta…tudo está nas nossas mãos, se coisas tristes como estas acontecem, concluimos que  temos que olhar para nós, onde nós estamos errando ao permitir que isso se desenvolva e ocorra e procurar descobrir como devemos agir para que este tipo de coisas não mais aconteça.

Intervenção Militar

11071960_10152645697521059_694799505492780761_n

Conforme o artigo 1 da constituição: TODO PODER EMANA DO POVO

Desta forma podemos dizer que o povo reunido é como UM CONGRESSO, UMA PLENÁRIA

Afinal, O POVO MANDA!

Se o povo, UNIDO clamar pela intervenção, isso será o ÁPICE DA DEMOCRACIA!!!

Se o exército tomar sem o clamor popular, então será GOLPE

Na verdade entendo que temos as seguintes opções

1) podemos não fazer nada

2) Podemos pedir que não haja mais corrupção, o que ao meu ver é bom mas é vazio, embora já é alguma coisa

3) Podemos pedir impeachment, o que já é melhor mas ai, cai a Dilma e o Temer, pois não tem ainda dois anos de mandato

4) E podemos pedir Intervenção Militar

Vamos analisar as opções

1) Se não fizermos nada, tudo continuará como está e a roubalheira só vai piorar

2) Se apenas pedirmos que não haja mais corrupção, o que vamos conseguir?

Vejam quanto eles estão preocupados com manifestações, escandalos, etc…

Pagamentos de propina continuaram mesmo após o início da Lava Jato, diz juiz

http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/agencia-estado/2015/03/16/pagamentos-de-propina-continuaram-mesmo-apos-o-inicio-da-lava-jato-diz-juiz.htm

Portanto, entendo que pedir para eles diminuírem a corrupção ou mesmo elaborarem leis contra ela será o mesmo que pedir para o ladrão construir a cadeia que ele vai ser preso. Ele não vai construir, e se construir, vai ser com um monte de saídas e escapes.

Achar que eles, os corruptos, vão construir leis anti-corrupção, é se iludir.

3) Vamos analisar o Impeachment. Já viu de perto o trâmite do impeachment?

  • Primeiro precisamos da acusação por parte de qualquer cidadão brasileiro contra o Presidente da República (artigo 14 da Lei nº 1079/50), até ai é fácil.
  • Depois, ocorre um juízo de admissibilidade pela Câmara dos Deputados, que precisa autorizar o início do processo por 2/3 dos seus membros. O que acha? Rola? Será que 2/3 votariam a favor do impeachment?
  • Em isso acontecendo ocorre o julgamento pelo Senado Federal, presidido pelo Presidente do Supremo Tribunal Federal, que é quem? Quem?
  • E por fim, para que a Presidenta seja realmente condenada será necessária outra votação por 2/3 dos Senadores, conforme o artigo 86 da Constituição Federal.
  • O que acha? Rola?

4) No entanto, podemos optarmos pelo item 4, a Intervenção Militar

A intervenção é um remédio amargo, não há dúvida, mas é um remédio!

A comparo a radio ou a quimioterapia, que sabemos que são horríveis, para um doente de cÂncer. Mata células boas junto, mas mata as céluas ruins e limpa o corpo do câncer que se instalou.

Sem essa tratamento, o câncer continuará a crescer e se instalará ainda mais, levando o corpo a morte!

Ainda…

Boa parte do medo criado em cima dos Militares foi construção da esquerda que realmente tem medo deles. Na verdade, quem teme militar é a turma da esquerda, bandido e político corrupto, o cidadão de bem não tem nada a temer, ao contrário, se sentirá muito mais protegido.

Eu vivi no regime militar e nem eu e nem a minha família nunca sofremos nada. Quem era perseguido era a turma de esquerda, ladrão e bandido. Militar é linha dura sim.

Há de se lembrar que se temos democracia hoje no Brasil graças aos Militares, sim pois se em 64 eles não tivessem feito frente a esquerda, a esquerda teria tomado o poder e isso aqui já teria virado uma Cuba, com algum general de esquerda no poder até hoje.

E para aqueles que dizem que pelo tamanho territorial do Brasil isso não aconteceria, que aconteceu em Cuba por que é pequena, eu convido a olhar o tamanho territorial da China e da Russia.

Mas infelizmente a esquerda já está no poder hoje e, por vias “democráticas”, eles vão começar a tecer as leis a seu favor, como já fazem e daqui a pouco, teremos um ditador de esquerda assim como Chavez e Maduro fizeram na Venezuela e ai, daqui a pouco, nem sei se teremos controle sobre o exército, assim como a Venenzuela não o tem mais. Portanto, hoje nossa pseudo democracia já está nas mãos deles, uma vez que eles fazem as leis.

Eles já tomaram o STJ e o STF e agora estamos vendo o advogado queridinho do PT, o Toffoli, que foi presidente do STE nas últimas eleições, indo julgar a operação Lava a Jato.

Falando em Toffoli e STE, espero que você já tenha percebido que nossas eleições foram fraudadas. Aécio ganhou com mais de 70%, mas a maquiagem e a fraude deram a Dilma o pleito com pouco mais de 51% dos votos. Percebem? Vivemos numa democracia?

Ou seja, como disse, vivemos numa pseudo democracia, um lugar onde o povo não pode mais sequer eleger seus governantes, uma vez que eles manipulam os resultados e se auto elegem.

E não preciso elaborar muito sobre isso, a prova está ai, com menos de 3 meses de governo o Brasil viveu a maior manifestação pública contra o governo Dilma, recém eleito.

Cade também a democracia quando nosso judiciário julga com dois pesos e duas medidas, livrando Genoínos e Dirceus?

Cadê a democracia quando o Procurador Geral da República é intimidado publicamente se incluir a Dilma no processo?

Isso aqui já não é mais uma democracia faz muito tempo!

E assim como na Venezuela, vivem dizendo que é, porque é confortável para acalmar o povo. O povo gosta de se iludir e se sente mais confortável quando ouve isso.

Enquanto não tomarmos uma atitude, o BNDES continua sendo esvaziado e em breve estará sem recursos fazendo continuando a fazer obras na Venezuela, Cuba, Hoduras, Argentina e outros países Latino Americanos e Africanos e teremos nossos cofres totalmente zerados.

Então, uma vez que o Impeachment é quase impossível, se não a tirarmos de lá por uma Intervenção militar, veremos novas leis sendo cada vez mais tramadas, todos os dias para mantê-los no poder e todas as corrupções terão terminado em pizza e todos os corruptos estarão soltos. Em 2018 as eleições serão novamente por voto eletrônico e ninguém conseguirá se opor democraticamente a isso e eles se perpetuarão no poder por mais 4 anos e continuarão com o plano de transformar o Brasil e a América Latina na Pátria Grande.

Se fizermos nada em breve a imprensa não será mais livre, estarão monitorando a nossa comunicação pelo Whatsapp e pela Internet e,  se até lá, não tiverem constituido a Pátria Grande até 2018 com certeza terão, pois terão mais 4 anos para transformar o Brasil que conhecemos hoje, em uma Cuba.

Pior, vão fazer isso “democráticamente”, de modo que ninguém nunca conseguirá combater tal feito. Vão manobrar as coisas de modo que demonstrem que eles:

1) Seguiram as leis (leis feitas por eles mesmo)

2) Não foram condenados em nada (mas foram julgados por eles mesmo)

3) O povo quis (mas através de eleições fraudadas)

Ou seja, a estratégia deles é muito bem elaborada e por isso, não conseguiremos nada pelas vias democráticas ortodoxas.

Mesmo com Intervenção não será fácil, pois eles não vão largar o osso e o exército do Maduro poderá invadir o Brasil, pois com prerrogativas estapafúrdias de se defender dos EUA, ele agora é o líder máximo do exército do seu país e comandará pessoalmente esta invasão.

Os militares podem também ser corruptos? Sim, podem, lógico. Mas são uma estrutura pautada na conduta e na honra e se um ou outro se corromper os outros tratarão de limpá-lo pois a má conduta de um suja a imagem de todos.

Portanto, ai vão um resumo dos motivos do porque, na minha opinião, uma Intervenção é melhor:

1) Intervenção Militar não é governo militar

2) Governo militar não é regime militar

3) Regime militar não é ditadura militar

4) Perceba que todas as ditaduras militares que existem hoje pelo mundo são de esquerda e não de direita

5) Se temos uma democracia hoje, como já dito, é graças aos militares e ao nosso exército que não permitiu que eles tomassem o poder do país em 64, ou seja, eles nos protegeram de uma ditadura

6) Neste período os Militares construíram aeroportos, estradas e muitas das coisas que temos hoje.

7) Militar não é o demônio que a esquerda pinta. Toda a imagem ruim dos militares foi obra da esquerda e de seus pseudos intelectuais.

8) Militar pode roubar e entrar em esquema de corrupção? Até pode, mas é muito mais difícil. Os militares tem código de conduta, honra e ética. Se um ou outro escorregar os outros não deixarão e o limparão do cenário, pois a atitude deste errante macula a imagem de todos.

9) Por isso há muito menos chance de um Militar roubar, Figueiredo morreu pobre, muito diferente dos nossos políticos

10) Quem tem medo de militar é bandido, político corrupto e a turma da esquerda, como você e eu não estamos dentre estes, não temos o que temer.

11) Os militares devolveram o governo aos civís, em 85, quando compreenderam que o risco da esquerda assumir estava menor

12) Intervenção militar sem o clamor popular é golpe, mas com o clamor popular é instrumento da democracia.

13) Portanto, Intervenção Militar é sim um instrumento da democracia

14) Somente com uma Intervenção Militar, pelo clamor popular, é que conseguiremos limpar brasília destes corruptos todos

15) Pela Democracia e pela Constituinte, deverão pedir novas eleições em até 60 dias

16) Caso este tempo demore mais, estaremos nas mãos de patriótas, que querem o bem do povo e da nação e não esta com planos de transformar o Brasil na Grande Pátria

17) Com uma intervenção Militar teremos dado uma grande lição a todos os futuros políticos do que vierem a ocupar o planalto, e teremos mostrado o que um povo unido e esclarecido é capaz de fazer

18) E por fim, a esquerda desmontada e sem dinheiro, estará falida e mesmo que concorrer, será sempre e apenas um partido nanico, pois os brasileiros terão aprendido o que é o socialimos/comunismo para sempre

Concordo novamente que a Intervenção Militar é dolorida e não é algo bom, estou dizendo isso a todo o momento. No entanto, eu prefiro este remédio amargo a continuar vendo a esquerda continuar costurando sua malha de leis nesta pseudo democracia que será sempre favorável a eles.

Se o povo unido pedisse intervenção militar, teria aprendido que que unido consegue o que quer e pediriamos novas eleições. Não tenho dúvida que a esquerda se candidataria e democraticamente isso seria justo e possível. No entanto, compreendo que eles não passariam de um partido nanico, pois não teriam mais a máquina do governo na mão para alavancá-los e contariam só com os votos dos fanáticos de esquerda, que não tenho dúvida, continuarão a existir. Mas não acho que sejam suficientes para realmente fazerem qualquer dano, desde que estejam reduzidos a realidade e não alavancados com Petrolões, Mensalões, etc… como estão hoje.

Não vejo o Exército querendo o poder pelo poder e quando reagiram em 64 o fizeram em defesa do povo e da pátria. Naquela época mais de meio milhão de pessoas foram às ruas na marcha da família, justamente porque o momento se assemelhava ao de hoje e a esquerda já mostrava suas garras.

Criou-se hoje uma certa fobia com estas palavras, exército, militares, etc..  por conta do que houve entre o período de 64 a 85. Mas tudo o que houve foi super agigantado pelos pseudos-intelectuais de esquerda, que também fizeram muitas atrocidades no mesmo período, só que não são falados.

Hoje, mais de 50 anos depois, o mundo é outro e não enxergo os militares de direita como bichos papões. Vale notar que não há nenhum país no mundo tomado pela direita militar.

Mas se tomarem, sinceramente, eu prefiro os militares à esquerda, mil vezes.

Por fim, deixo dois vídeos muito importantes para esclarecer tudo o que digo:

 

Joaquim, Maria, Manoel e o Gaijo

Joaquim era casado com a linda e maravilhosa Maria

Certo dia Manuel, amigo de Joaquim, passando na frente da casa do amigo vê Maria saindo de casa e entrando no carro de um gaijo desconhecido. Acha estranho mas não fala nada.
No dia seguinte, Manuel vê o mesmo gaijo parando com o carro na frente da casa de Joaquim e vê Maria novamente entrando no carrão.

Percebeu que todo dia isso acontecia, sempre no mesmo horário, cerca de meia hora logo após Joaquim sair para trabalhar e percebeu também que Maria voltava umas 4 horas depois, sempre de cabelo molhado.

Manuel foi então ter com Joaquim e disse:
– Joaquim, sinto lhe dizer mas Maria está te traindo
– Ora pois Manuel, e isso lá é coisas que se fala para um amigo?
– Oras Joaquim, justamente porque és meu amigo que estou te dizendo isso.
– Imagina Manuel, Maria é mulher direita e me ama. Isso jamais aconteceria.
– Ora pois, então não diga nada a Maria e amanhã, ao sair para trabalhar, me encontre no bar do Pereira e lhe provarei o que estou dizendo.
E assim se deu, no dia seguinte Joaquim foi até o bar do Pereira encontrar Manuel.
– Pois então Manuel, aqui estou, como irás me provar o que disseste?
– Venha até aqui Joaquim e apenas observe
Ficaram então os dois a distancia, olhando para a frente da casa de Joaquim quando viram um carrão parar e Maria, toda arrumada, entrar no carro.
– Pronto Joaquim, está vendo? Acreditas em mim agora?
– Oras Manuel, isso não prova nada. Deve ser um amigo da Maria, nada mais!
– Não acredito Joaquim, como pode achar que não há nada demais nisso. Ok, pois então espere aqui comigo por um tempo e verá o que vai acontecer.
E cerca de 4 horas depois o carrão encosta novamente na frente da casa do Joaquim e Maria sai do carro de cabelo molhado.
– Pronto, acredita agora Joaquim? Brada Manuel
– Acreditar em que Manuel?
– Pelo amor de Deus Joaquim, não está percebendo o que está acontecendo?
– O que está acontecendo Manuel?
– Sua mulher estava no Motel com este gaijo, é óbvio o que aconteceu!
– Como pode dizer isso da Maria Manuel, Maria é mulher direita. Vai ver foram apenas ao clube, ou a academia. Isso não prova nada!
– Pois então vamos segui-los amanhã e você verá se não estão indo a algum motel.
E no dia seguinte se encontraram no bar e ficaram prontos, assim que o carrão encostou e a Maria entrou no carro, sairam atrás deles e dito e feito, entraram num motel.
– Pronto Joaquim, está satisfeito agora?
– Lógico que não! Isso não prova nada!
– Como não Joaquim, eles entraram no Motel e estão lá agora!
– Oras, poderão apenas ter buscado um lugar tranquilo para conversar, oras pois. O mundo está muito perigoso e ficar parado com o carro na rua é deveras um sério risco. Apenas escolheram um lugar seguro para conversar, que mal há nisso?
– Não acredito que está falando isso Joaquim!!
– Espera, já sei, vamos subir neste prédio que está aqui em frente, quem sabe damos a sorte de vermos alguma janela aberta com eles.
E assim se deu, conseguiram a permissão para subir no prédio e de la de cima, começaram a olhar as janelas do motel e encontraram Maria e o Gaijo nús sobre a cama.
– Pronto Joaquim, ai está a prova, veja, ali estão eles estão nus, numa cama, num quarto de motel!!
– Ora Manuel, isso não prova nada, devem estar com calor apenas e resolveram se refrescar
Nisso, o gaijo se levanta e fecha a cortina do quarto e por lá ficam pelas próximas 4 horas e Manuel não conseguiu mostrar o que realmente estava acontecendo, nas vias de fato.

No final, Joaquim deixou de ser amigo de Manuel, pois não conseguiu suportar as acusações “falsas” e “infundadas” que Manuel levantou contra sua pura Maria.

Moral da história:
Quando não se quer ver alguma coisa, não adianta, nem o melhor argumento do mundo será suficiente para provar.

O mesmo se aplica a qualquer outro assunto, inclusive neste das urnas fraudadas. Quem não quer acreditar, não vai acreditar nem se ver a Maria pelada no motel em cima da cama e vai continuar achando que ela é santa.

Intervenção Militar Já

_D300192 (Copy)
Hoje foi um dia histórico e muito mais do que 1,5 milhões de pessoas estiveram na Av. Paulista, eu inclusive estive lá.
E agora? O que vai acontecer?
A Dilma e os nossos governantes vão mexer isso e aquilo e o povo vai voltar a dormir.
Por isso eu clamo pela Intervenção Militar como instrumento da democracia, para salvar a nossa democracia, pois a esta altura só ela poderá nos salvar
Ou vocês acham que a Dilma vai promulgar uma lei contra a corrupção? Que lei? Uma que irá incriminar ela mesmo?
Ou você acredita que a Dilma está limpa?
Se esta lei for promulgada ela leva a Dilma, o Lula, o Dirceu, o Tofoli, o Renan e um monte de petistas e outros aliados
Vocês acreditam mesmo que eles vão promulgar qualquer lei neste sentido?
Eu já falo sobre o foro de São Paulo desde o ano passado e quase todo mundo me chamava de maluco.
Ai vimos as mentiras deslavadas da Dilma durante as eleições, mas infelizmente muitos acreditaram (e alguns ainda acreditam) nelas.
Mas pior, vimos o PT usando a máquina pública durante as eleições, atitude inconstitucional sobre a qual não pegou nada.
Eu e muitos já sabiamos que era muito difícil o Aécio levar as eleições e dito e feito, a smartmatic deu as eleições para a Dilma
Vocês não percebem o que eles fazem?
Eles usam a democracia para fazer o que bem entendem
Eles manobram tudo e todos e vão continuar fazendo isso.
Eles sabem que o povo não vai ter coragem de agir fora da lei, então, vão manobrar as leis quanto der.
Vão mudar tudo que é lei para que, democraticamente nunca sejam pegos.
Por isso NÃO TEM SAÍDA!
Se ainda há uma chance, é a Intervenção Militar para convocação de novas eleições.
E há base democrática para isso
O nosso governo não governa para o povo faz tempo, governa para os outros países. Ou será que o nosso dinheiro indo embora para todos os países vizinhos não é suficiente?
Ou será que as mudanças da lei sobre a responsabilidade fiscal também não foi uma manobra para que ela saísse impune.
O que acha de agora o Tofoli ir julgar a Lava a Jato?
E a liberdade do Genoíno?
E a Petrobrás? O mensalão? O BNDES?
Acorda povo brasileiro, NÃO TEM SAÍDA
Eles vão continuar ganhando tempo, vão mudar as leis tantas vezes forem necessário, vão usar todos os recursos no STJ ,no STF, vão ganhar todo o tempo do mundo para no final, sairem impunes.
Ninguém vai pegá-los, nunca!
Agora, depois de hoje, vão dizer que farão isso ou aquilo e mas tudo vai continuar na mesma.
Isso aqui já não é uma democracia faz muito tempo. Todo mundo sabe que o Aécio ganhou as eleições com mais de 70% dos votos, mas não levou, graças as manobras da smartmatic.
Quem é que vai mudar a forma de apurar eleições?
Quem vai botar o Juiz Tofoli na cadeia? Ele mesmo?
Percebem? Não tem jeito
Tá tudo aparelhado?
Eles vão fazer acordos, conchavos e vão colocar panos quentes e tudo vai continuar igual, como sempre.
Eles estão usando a democracia para acabar com ela, assim como o Maduro fez na Venezuela.
E não adianta falar que isso não vira Venezuela, porque vira e quando virar, será tarde demais.
Intervenção Militar não é governo militar
Governo militar não é regime militar
Regime militar não é ditadura militar

Por fim, Nicolás Maduro ganhou “DEMOCRÁTICAMENTE” o direito de liderar e mandar no exército Venezuelano por decreto até o fim do ano.
Agora, quem se opor a isso será anti-democrático!
Entendeu?