Bolsonaro

Bolsonaro é um homem simples e pode até não ser muito elaborado intelectualmente, mas está muito longe de ser burro ou iletrado afinal, não é qualquer um que se forma em Agulhas Negras. Ele é uma pessoa de caráter e de bons valores. Valores estes que não permitiram que ele se corrompesse mesmo convivendo por mais de 20 anos no meio dos maiores corruptos do mundo, muitos deles do seu próprio partido. Foi, sem dúvida alguma, muitas vezes pressionado várias vezes a ceder à corrupção, mas nunca cedeu, nunca deixou seus valores e se manteve íntegro Sem dúvida alguma todos nós queremos alguém íntegro liderando nosso país.

Mas ele também se indigna e seu sangue ferve frente a injustiças e justamente por isso, disse a Maria do Rosário que ela “não merecia ser estuprada”. Ali ele estava no calor da emoção, discutindo justamente a lei do estupro, onde a Maria do Rosário defendia o Champinha, que estuprou por 7 dias e matou uma jovem. Bolsonaro quer pena máxima para este bandido e Maria do Rosário quer defendê-lo, defende que ele é uma vítima da sociedade. Então, a pergunta é: Quem é o estuprador e quem é contra as mulheres e a favor do estupro? Por isso, pare de falar que ele é a favor do estupro e contra as mulheres. Entenda o contexto.
Ele menospreza as mulheres e é misógeno? Óbvio que não, se fose não teria convidado Janaína Pasqual para ser sua vice.

E quanto a sua recorrente indignação contra o que entende ser errado e seus altos valores de moral cristão o fazem não querer que crianças tenham contato com material gay. Ele nunca foi contra os gays, a maior prova disso é que ele elogiou publicamente Clodovil, dizendo que ele era puro e que ele gostaria que todos lá fossem como ele, lembrando que Clodovil era um homossexual assumido, veja https://youtu.be/Rs4ZGYNdXqI

Mas ainda neste assunto, ele só não que crianças tenham contato com material que incentive o homossexualismo enquanto ainda nos primeiros anos escolares. Talvez ele possa até estar errado neste ponto, uma vez que homossexual é homossexual e hetero é hetero, e muito provavelmente o kit gay não vai mudar a inclinação sexual de ninguém, mas é importante compreender suas bases cristãs, onde isso é abominável. Compreendendo suas crenças percebemos novamente que ele só está defendendo o que acredita ser correto, nada além disso.

Ele é racista? Óbvio que não! Seu sogro é o Paulo Negrão e sua filha, a sua enorme paixão, que diz claramente que mudou sua vida, tem sangue negro correndo em suas veias, bem como a sua esposa, por quem declara estar apaixonado até hoje. Mas porque essa história surgiu? Porque Marcelo Tas, do CQC, certa vez o entrevistou e editou o video, colocando uma pergunta com outra resposta, justamente para manchar sua imagem.

Seria ele é corrupto? Óbvio que não! Se fosse, não teria dito que quer Sergio Moro no STF.

Ele tem limitações? Óbvio, como qualquer um de nós, e justamente por admitir isso publicamente (o que é uma virtude) está se cercando das melhores cabeças para ajuda-lo a colocar o país no rumo correto. Chamou Paulo Guedes, sem dúvida um dos maiores (se não o maior) economista do Brasil, liberal, moderno, lúcido, extremamente inteligente, experiente e defensor das melhores práticas da economia, para cuidar da nossa economia. E já disse que chamará quem entende de saúde para o Ministério da Saúde, de educação para o Ministério da Educação, e assim por diante. Muito diferente do que é feito hoje, onde os apadrinhamentos políticos forçam que alguém, que não entende nada do tema, assuma um Ministério, simplesmente por que foi negociado, na famosa troca de favores. Nesta hora o político ganhou vantagens, mas a nação inteira perdeu.

Ele é a favor do porte de armas? Sim, é! Muitos não gostam disso e já ouvi dizer que não se sentiria seguro em viver num país onde soubesse que qualquer pode andar armado. Ué? Será que estas pessoas já foram aos Estados Unidos? Lá todos podem andar armados e alguém se sente inseguro lá? Lógico que não. As pessoas confundem e acham que porque alguém tem uma arma, ela irá atirar a torto e a direito. Não é assim. Hoje vivemos num país onde os ladrões estão armados e as pessoas de bem. Vamos então armar as pessoas de bem, para que possamos enfrentar os bandidos, pelo menos, de igual para igual. Isso não significa que todos terão armas, lógico que não. Mas significa que quem desejar, poderá ter. Isso também não significa que todos vão enfrentar e trocar tiros com bandidos, mas pense, se você fosse um bandido e tivesse dois restaurantes na sua frente, um onde as pessoas podem estar armadas e outro onde todos estão desarmados, qual você escolheria assaltar? Percebe! O simples fato do bandido pensar que a sua vitima pode estar armada, já o faz pensar duas vezes antes de assaltar. Outros ainda dize: A polícia está ai para nos defender, não me cabe defender, a polícia está ai para isso. Fica então a pergunta: Está dando certo? A policia está dando conta de defender todos os cidadãos como precisamos? Óbvio que não! Ainda, na maior parte das vezes, quando a polícia chega, já é tarde demais. Por isso, os cidadãos precisam poder andar armados (aqueles que assim desejarem). Se apenas uma pequena parcela portar arma, já veremos uma mudança enorme na postura dos ladrões e começaremos nos sentir mais seguros, pois teremos cidadãos de bem aparelhados para atacar ladrões e bandidos.

Ainda sobre porte de arma, somente um governo que teme o povo deseja o desarmamento. Somente um governo que quer implementar leis injustas e não quer correr o risco de que o povo se levante contra ele, prega o desarmamento e “a paz” que isso traz. Hitler desarmou o povo, Hugo Chaves desarmou o povo, Fidel Castro desarmou o povo. Só governos que querem o absoluto e total controle, para impor suas leis injustas, deseja um povo desarmado.
Há vídeos rodando por ai onde ele diz que deveríamos sonegar impostos? Sim, há. Mas importante compreender o contexto, vivíamos numa era onde o PT estava levando todo o nosso dinheiro para fora do Brasil, apoiando o Bolivarianismo e construindo porto em Cuba, Metrô na Venezuela, e várias outras obras em países amigos do Bolivarianismo, com obras superfaturadas pelas construtoras Odebrecht e outras. Assunto que agora conhecemos após tudo o que foi pego e noticiado pela Operação Lava Jato. Quando Bolsonaro falou isso, não tinha Lava Jato e ele estava indignado com tanta roubalheira. Quem não estaria, estando no lugar dele, vendo tudo acontecer (sim, pois ele estava lá e sabia de tudo)?
Neste vídeo ele também falou que apoiava uma intervenção Militar. Naquela altura dos acontecimentos, com o PT soberano no país, tudo aparelhado, que chegou a dar uma vitória a Dilma com eleições fraudadas pelas urnas Smartmatic (sim, Aécio tinha mais de 75% dos votos e levou nos votos, mas as urnas deram a vitória para a Dilma), o que fazer? Não vivíamos numa democracia, vivíamos uma ditadura disfarçada (ou talvez ainda vivamos). O que fazer num caso destes? Continuar deixando os corruptos que estavam no poder roubar todo o nosso dinheiro e permitir que nosso pais virar uma Cuba/Venezuela? Óbvio que não! Então, é muito fácil compreender que alguém de valores e que se indigna com o que está errado e com a injustiça, dissesse o que ele disse. Quantos de nós já não pensamos isso?
Ainda, tem gente que diz que se Bolsonaro for empossado ele dará um golpe. Oi? Como assim? Quer dizer que o cara vira o Presidente de um país e ai ele quer dar um golpe? Golpe em quem? Nele mesmo? Infelizmente pessoas ouvem coisas sem pé nem cabeça, não pensam, se impactam com estas notícias e ai, saem por ai replicando coisas totalmente sem sentido.
De modo que é muito importante compreender todas as suas falas dentro dos contextos em que elas foram ditas. Basta fazer isso que você compreenderá que Jair Messias Bolsonaro é um homem que luta pelo que é certo, de bons valores, de princípios, de ética e de elevada moral.

A maior prova disso é sua família, veja seus filhos e veja como todos eles são meninos do bem, corretos, cidadãos exemplares.

Quanto a sua “mansão em Angra dos Reis”, quanto a sua “funcionária fantasma”, tudo isso já foi largamente explicada e não passou de reportagens maldosas feitas pela Folha de São Paulo (um jornal totalmente de esquerda) que criou fake News, distorceu os fatos, para tentar incriminá-lo.

A Globo vai falar bem dele? Nunca! Quando falar algo, você só vai ver os jornalistas torcerem a cara quando falarem dele, darem as notícias sobre ele com cara feia e sem dúvida, vão procurar ao máximo distorcer tudo para deixá-lo sempre “feio na foto”. Isso porque a Globo toda é de esquerda. Desde a morte de Roberto Marinho a esquerda tomou de assalto a Rede Globo e praticamente todos seus jornalistas e funcionários, incluindo atores, são de esquerda e disseminam a agenda podre da esquerda. A Globo quer poder continuar apelando para o sexo, como vem fazendo nas últimas decadas, por isso dá audiência. Dane-se que corrompe a nação, o importante é a audiencia. Além do que, Bolsonaro já disse que irá cobrar toda a gigantesca dívida que a Globo tem com o governo de impostos atrasados. Acha então que a Globo irá falar bem dele? Ele é um monstro pra Globo. E da mesma forma é também para maior parte da classe artísticas, que é de esquerda e vive de mamatas como a Lei Rouanet que patrocina lixos vendidos como ações culturais como aquela exposição que mostrou homem nú para crianças, ou aquela outra que mostra pedofilia, dentre ouras atrocidades. Tudo isso faz parte da agenda da esqeurda, que deseja desmontar os valores da nossa sociedade, pois uma sociedade desprovida de valores é incapaz de produzir riquezas e vai cada vez mais precisar de um Estado que supra suas incompetências.

Por ser totalmente contra o estabilishment, a Globo e todos os outros meios de comunicação irão vender sempre seu pior lado, vão distorcer suas palavras, vão tirá-las do contexto para que pareçam ser horríveis e vão super valorizá-las.

Bolsonaro é uma constante vítima da esquerda mentirosa, pois sabe que se ele estiver no poder, esta agenda da esquerda, que está nos levando a se tornar um país pobre, socialista/comunista, sofrerá e muito. Por isso vive repetindo que ele é um regresso, um retorno ao passado, etc. Sim, ele é sim um retorno ao passado, às coisas boas do passado, onde bandido vivia na cadeia e o cidadão de bem nas ruas e tínhamos uma sensação de segurança que hoje desapareceu. Hoje vivemos enclausurados, muitos em carros blindados, porque os bandidos estão soltos, graças a leis frouxas e aplicações ainda mais frouxas destas leis.

Mas e o Amoedo?

O Amoedo é apaixonante! O cara é super do bem, é inteligente, tem muita experiência, é bem sucedido e está dando um exemplo de uma nova política que parece sair de contos de fadas. Tudo o que ele fala, sem exceção, é bom e correto. Não há nada para se falar dele. E ele é coerente, não só fala mas também dá o exemplo. O seu partido, o Novo, é sem dúvida o partido mais limpo que o Brasil já teve, e tudo indica que continuará assim. Se dúvida o melhor de todos os candidatos.

Mas Amoedo não é da guerra, Amoedo é da paz e hoje temos um cenário de guerra instaurado em nosso país. Temos uma esquerda ainda muito ativa, um Estado não só gigante mas todo aparelhado, com corruptos por todos os lados. Limpar isso é uma ação de guerra e precisamos de alguém bélico nesta hora, alguém que não tenha medo de falar alto, alguém que bata de frente, com a mesma ignorância da esquerda.

Fazendo uma ilustração, se eu te apresentasse um pouco de veneno de cobra e uma mesa linda e farta, o que você desejaria desfrutar? Sem dúvida diria a mesa linda e farta, claro. Mas e se tivesse sido picado por uma cobra? A mesa linda e farta perderia todo o seu encanto e você desejaria o veneno de cobra, antidoto contra a sua picada. A mesa é Amoedo e este “veneno de cobra” é Bolsonaro. Hoje estamos doentes e precisamos de um remédio, chamado Jair Bolsonaro. Depois que o paciente estiver fora de risco, vamos então desfrutar da mesa linda e farta que é João Amoedo.

Agora e hora de acabar com a esquerda. Não dá para platar nada NOVO neste terreno cheio de ervas daninhas e ratos. Primeiro precisamos eliminar essa praga vermelha, para depois pensar em algo NOVO.

Por tudo isso, em 2018 meu voto para presidente vai para o “veneno contra picada de cobra”, do simples e até meio bronco sim, justo, muito indignado e que tem um sangue que ferve (e muito) contra o que é errado, que não tenha medo de falar o que tem que ser dito, de fazer o que deve ser feito e que deseja acabar com essa esquerda ignorante e corrupta.

Jair Messias Bolsonaro – 17

jair-bolsonaro-tiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete − 5 =