Arquivos da categoria: Entretenimento

Pérolas de Oscar Niemeyer (102 ANOS)

• Meu médico me proibiu de tomar vinho todos os dias. Sorte que ele não falou nada sobre Smirnoff Ice.

• Fui convidado para ver o pessoal do Comédia em Pé. Só não vou porque minha artrite não deixa ficar em pé muito tempo.

• Esse humor do Zorra Total já era antigo quando eu era criança.

• Linda, eu não vou a museus. Eu CRIO museus. Quer ir ver uns museus?

• Sem sono e a fim de sair pro agito. Quem embarca?

• Existem apenas dois segredos para manter a lucidez na minha idade: o primeiro é manter a memória em dia. O segundo eu não me lembro.

• Ganhei um convite para ver o filme da Bruna Surfistinha. Espero que seja MESMO um filme sobre surf. O filme da Bruna Surfistinha é uma apologia ao baixo meretrício e aos mais baixos instintos humanos. Mas pelo menos rolou uns peitinhos.

• Ivete Sangalo me encomendou o primeiro trio elétrico de concreto armado do mundo. O pessoal aqui no escritório já apelidou de “Sangalão”. A proposta era fazer o “Sangalão” de madeira para ficar mais leve. Aí eu disse pra Ivete “Quer de madeira? chama um MARCENEIRO!”.

• Projetar Brasília para os políticos que vocês colocaram lá foi como criar um lindo vaso de flores pra vocês usarem como PINICO.

• Caro Sarney: ser imortal na Academia Brasileira de Letras é mole. Quero ver é tentar ser aqui fora!

• Nunca penso na morte, NUNCA. Vou deixar para pensar nisso quando tiver mais idade

• Perto de mim Justin Bieber ainda é um espermatozoide.

• Odeio praias lotadas aos domingos. Não dá pra surfar direito, é o maior crowd.

• Brasília nunca deveria ter sido projetada em forma de avião. O de camburão seria mais adequado. Na verdade quem projetou Brasília foi Lúcio Costa. Eu fiz uns prédios e avisei que aquela merda não ia dar certo. Sim, ela é aquele avião que não decola NUNCA. Segundo a Nasa, Brasília é inconfundível vista do espaço.

• Duro admitir, mas atualmente Marcela Temer é o monumento mais comentado de Brasília.

• Todos ficam falando Zé Alencar é isso, Zé Alencar é aquilo. Mas quem fez Pilates e caminhou na praia hoje? EU!

• O frevo foi criado há 104 anos. Ou seja: só tive um ano de sossego desse pessoal pulando de guarda-chuvinha.

• Segredo da Longevidade 48: Não viva cada dia como se fosse o último. Viva como se fosse o primeiro.

• Na minha idade, a melhor coisa de acordar de madrugada para ir ao banheiro é ter acordado.

• Alguns homens melhoram depois dos 40. E eu mesmo só comecei a me sentir mais gato depois dos 90.

• Queria muito encontrar um emprego vitalício. Só pra garantir o futuro, sabe… Andei Comprando apostilas para Concurso do Banco do Brasil. Não quero viver de arquitetura o resto da vida.

• Foi-se o John Herbert, 81 anos. Essa molecada da área artística se acaba rápido demais.

• Só me arrependo de UMA coisa na vida: de não ter cuidado melhor da minha saúde para poder viver mais.

• São Paulo mostrou ao Brasil como se urbanizar com inteligência: basta fazer o exato contrário do que aconteceu lá.

• Fato: o meu Edificio Copan aparece em 50% dos cartões postais de São Paulo. DE NADA.

• A quem interessar possa: eu NÃO estive presente na fundação de São Paulo há 457 anos. Na verdade eu não fui nem convidado.

• Se eu projetasse a casa do Big Brother os participantes iriam brigar pra ver quem saía PRIMEIRO.

• A vida é um BBB e eu quero ser o último a sair.

Fala sério, um figura este Niemeyer, né?
Mas eu ainda passo ele
🙂

Xau

Spartacus Blood and Sand

Cinquenta anos depois que Stanley Kubrick lançou o famoso Spartacus (1960), surge Spartacus Blood and Sand, desta vez na forma de um seriado. Se você gosta de seriados, esta é uma super dica. Eu acabei de ver a primeira temporada inteira e posso dizer: é muito bom!

Se você gostou de Roma, esta série é na mesma linha, só que com uma montagem e efeitos especiais na linha do filme 300. Tanto Roma como 300 e agora Spartacus retratam uma época e mostram com bastante realidade o que deve ter sido a Roma antiga.

Spartacus era um prisioneiro da Trácia que acabou se tornando um gladiador e liderou uma rebelião contra as autoridades romanas por volta de 72 a.C.

Mas ai vai um aviso: não vão faltar palavrões, cenas de luta, violência e sangue, muito sangue. E você vai ver também muito músculo, belas curvas femininas e muitas cenas de sexo. Do meu ponto de vista, nada diferente do que deveria ser a Roma antiga. Se tais pontos incomodam você, um conselho: não veja, pois os produtores não tiveram nenhum pudor, não usaram meias palavras e não pouparam nada para mostrar a realidade daquela época. Tudo é exibido sem medo de chocar.

Você vai ver a vida que levavam os gladiadores e como eles eram preparados, a forma liberal com que os romanos tratavam o sexo e como a vida humana não tinha valor. Mas o que mais choca é ver o jogo de poder com tantas mentiras e traição o tempo todo. É impressionante ver como o ser humano pode ser tão baixo, tão sem valor, tão sujo. É triste e para mim choca muito mais do que todo o sangue, a violência e a liberdade sexual que eles tinham. É realmente lamentável ver como o homem se corrompe facilmente na busca de proeminência, dinheiro e, principalmente, de poder.

Filosofando um pouco, há uma frase que diz assim: quer conhecer um homem, dê poder a ele. O poder revela quem de fato somos no íntimo, pois quando se tem poder e não há nada a temer, quando não há mais punição pelos atos, então o verdadeiro eu é revelado. Nessa hora, não é difícil se chocar com os baixos limites que um ser humano pode chegar. Spartacus Blood and Sand mostra muito isso.

O texto é rico, os efeitos sensacionais e a trama muito bem estruturada, prendendo você cada vez mais. Você termina a primeira temporada frustrado, querendo saber como tudo vai continuar.

Estreou sábado retrasado, dia 7 de agosto, na Globosat HD (501 na Net). Eu baixei a primeira temporada inteira pela Internet. Se estiver a fim, é só “dar um Google” e vai ver vários endereços onde você poderá fazer isso. Se você preferir assistir pela TV, é aos sábados, às 23 horas, na Globosat (Canal 501 da Net) e verá em High Definition. Ah! Se for ver pela TV, aconselho assistir os dois primeiros episódios que já passaram, para compreender direitinho toda a história.

E pra terminar, a má notícia é que parece que a segunda temporada vai começar só em 1º de janeiro de 2011

:-\

Xau

AVATAR

AVATAR

Não poderia deixar de fazer um post sobre um filme que é realmente um marco na história da indústria cinematográfica.

Mas deixa eu contar como tudo começou…

Eu ouvi falar deste filme no fim do ano passado mas eu não tinha a menor idéia do que se tratava. Ouvia dizer que era um filme revolucionário, etc… mas não sabia nada sobre a história, as técnicas utilizadas, nada.

No entanto, logo após a estréia um amigo viu e me disse:
– Marcelo, você precisa ver este filme o quanto antes.
– Por quê? Do que se trata? Qual é a história? Quem são aqueles homens azuis?

E ele me disse:
– Marcelo eu não vou te contar nada, você precisa assistir. Só vou te dizer uma coisa, eu comprei um saquinho de pipoca e uma Coca-cola e entrei no cinema. Sentei e o filme começou. Eu grudei na tela! Uma mão ficou parada no saquinho de pipoca e a outra na Coca-cola até o fim do filme, eu não consegui comer a pipoca e nem tomar a Coca. Foram quase 3:00 horas que eu não vi passar, ao contrário, eu não desgrudei da tela. Eu só vou te dizer isso.

Bem, foi o suficiente para eu ir para o cinema.
Mas tive que esperar vários dias, pois queria ver no IMAX no Shopping Bourbon. Para quem não sabe, IMAX é a última palavra em cinema. É uma sala de cinema que tem uma tela de 14 metros de altura por uns 25 de largura e um som perfeito. A maior tela de cinema já feita com o melhor som possível.

Bem, eu fui e vi o filme e querem saber o que eu achei?
Impressionante, Fantástico, Emocionante, Maravilhoso, Surpreendente do início ao fim!!!
Muitos adjetivos, eu sei, mas AVATAR merece.

Eu me via muitas vezes desencostado da cadeira, como se quisesse entrar na tela.

Mas não tenho a menor dúvida que aqueles chatos de plantão vão dizer:
AH, tem muitos clichês, a velha história de mocinho e bandido, previsível, filminho pra criança, politicamente correto, e blá, blá, blá…

Mas quer saber? Azar o deles!
rsrsrs
🙂

AVATAR nos conduz por um mundo espetacular além da imaginação.

O ano é 2154 e os humanos estão explorando o espaço e encontram em Pandora, um astro (na verdade um satélite, uma lua, de um planeta) muito distante mas bastante similar a terra, uma fonte enorme de Unobtainium, um material raro e caríssimo e resolvem extrair tal minério.

Acontece que em Pandora vivem os Na’Vi, um povo alienígena, com 3 metros de altura, ossos de titânio, fortes e totalmente inter-conectados ao seu planeta, com língua e cultura própria.

Tendo dificuldades de negociar a extração pacificamente com os Na’Vis e como o humano não conseguem viver na atmosfera de Pandora, os humanos preparam alguns AVATARes.

Os AVATARES são seres desenvolvidos em laboratório e híbridos, geneticamente produzidos com partes de DNA humano e parte de DNA dos Na’vi (nativos de Pandora).

Nasce então o Programa AVATAR, onde “condutores” humanos têm sua consciência conectada a um AVATAR, um corpo que pode ser controlando à distância e que por ser basicamente nativo é capaz de sobreviver na atmosfera de Pandora.

Através dos olhos de um ex-fuzileiro, Jake Sully, que até então estava confinado a uma cadeira de rodas, mas que agora assume um AVATAR, é por onde entramos e conheçemos Pandora.

Apesar do paraplégico, Jake continua se sentindo um guerreiro que renascido em sua forma AVATAR, consegue voltar a andar. Ele recebe a missão de se infiltrar entre os Na’vi, que se tornaram um obstáculo à extração do precioso minério.

Ocorre que logo no início uma bela Na’vi, Neytiri, salva sua vida, o que começa a mudar a história.

Jake é acolhido pelo clã de Neytiri, e aprende a ser um deles depois de passar por vários testes e aventuras.

O relacionamento de Jake com sua instrutora Neytiri se aprofunda, e ele passa a respeitar o jeito de viver dos Na’vi, e por fim passa a ocupar seu lugar no meio deles.

Surge então um conflito de consciência em JakeSully devido a uma nova forma de ver o que os humanos estão fazendo.

É quando a ação realmente se intensifica.

Chega, já falei demais
🙂

AVATAR é um presente mas, se você o assistiu em um cinema 3D, ganhou um presente maior ainda mas, se assistiu em uma sala IMAX 3D, UAU, ganhou o maior de todos os presentes e se não viu em IMAX 3D vale a pena ver novamente, é outra experiência.

São realmente muitas emoções, do início ao fim, diria que é como um passeio numa montanha russa emocional por 2:41 horas.

Além de toda a nova tecnologia utilizada, o filme oferece uma “fotografia” (se é que podemos dizer assim) belíssima, música emocionante, envolto em uma estória rica, comovente, tocante, que ainda promove uma forte reflexão sobre quem realmente somos, como estamos vivendo hoje e o que estamos fazendo com o nosso planeta e com a nossa mãe natureza.

É um filme de ação, mas sem dúvida é também um grande misto de ficção, guerra, espionagem, romance e aventura.

É um misto de Rei Leão, Exterminador do futuro, Guerra nas Estrelas, Titanic, Alien, Amor Além da Vida, Dança com Lobos, e alguns outros filmes.

É o extremo da tecnologia com o máximo da relação do homem com a natureza e com o lado espiritual.

É surpresa e novidade o tempo todo. Tudo feito com muito carinho e com uma riqueza de detalhe impressionante. Perfeito! Uma combinação muito rara de ser vista e com certeza nunca antes vista com esta envergadura.

Além do que, é impressionante a unanimidade que tenho visto sobre este filme, até agora não encontrei uma pessoa sequer que não gostou, ou gostou pouco. Todos com quem conversei adoraram o filme e tecem os maiores elogios.

Se filmes como Guerra nas Estrelas, Star Track tem fãs até hoje e outros como Harry Potter conquistaram outros milhares, não duvido que nasça uma verdadeira legião de fãs de AVATAR, bem como inúmeras outras derivações originadas deste filme.

Como já disse, eu já vi AVATAR num cimena 3D normal e numa sala IMAX 3D e posso dizer, nesta última, a experiência é bem diferente, única, vale a pena mesmo!

Mas cuidado, assistir AVATAR em IMAX 3D pode viciar! rsrsrs
Eu mesmo já vi algumas vezes e verei outras.
🙂

Mas é um passeio, muita emoção, além de um momento de reflexão ou seja, uma excelente passatempo.

Se você ainda não viu, vá assistir e se você já viu, sabe bem de tudo do que estou falando.

Para mim sem dúvida o melhor filme que eu já vi em toda a minha vida!

Parabéns James Cameron e muito obrigado pelo presente!
🙂

Trailer Oficial do filme:
[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=aVdO-cx-McA&hl=en_US&fs=1&]

Elenco: Sam Worthington, Zoe Saldana, Sigourney Weaver, Lola Herrera, Joel David Moore, Giovanni Ribisi, Michelle Rodriguez, Stephen Lang, Wes Studi, CCH Pounder, Laz Alonso, Dileep Rao, Matt Gerald, Sean Anthony Moran, Scott Lawrence.
Direção: James Cameron
Gênero: Ação
Duração: 161 min.
Distribuidora: Fox Film
Lançado em: 18 de Dezembro de 2009
Custo Oficial: US$ 310.000.000,00

Curiosidades:

Unobtainium é uma brincadeira com palavras que significam algo “impossível de ser obtido”. É um termo humorado utilizado principalmente na indústria aeroespacial para descrever o material perfeito para um aplicativo, exceto pelo fato de que ele não existe, ou é extremamente caro para ser feito, ou é obrigado a violar as leis da física para obtê-lo. Seu símbolo é Uo.

Pandora é um satélite (uma lua) de um planeta maior, que sempre aparece ao fundo. Pandora parece ser menor do que a Terra e por isso, sua gravidade é inferior à nossa.

Eywa é mãe natureza que conecta tudo e todos. Eywa está para Pandora é como Gaia está para a Terra.

A atmosfera: A pressão atmosférica parece ser a mesma da terra mas parece ser mais densa e provavelmente composta com outra proporção de gases, o que a torna diferente o suficiente para não ser adequada aos seres humanos. Mas é inadequada apenas para a respiração e não parece conter nada tóxico, pois o contato com ela não faz mal.

Pedras que flutuam: Quanto às pedras que flutuam, nada muito difícil de explicar, pois numa atmosfera mais densa, num planeta com menor gravidade e sob um fluxo magnético, pedras porosas, tais como a nossa pedra pomes, poderiam sim até levitar, como acontece no filme. Lá elas estão presas pelas raízes e cipós das árvores que se não fossem estes, subiriam ainda mais. Mas subiriam até um limite, quando então estacionariam. Tal como acontece no filme.

Idioma: James Camaron desenvolveu um novo idioma, mas para não parecer conversa de bobo pediu para que lingüistas o desenvolvessem de modo que tivesse coerência fonética e lingüística.

Algumas palavras para não esquecermos:

Jacksully é o nome do mocinho
Neytiri é o nome da mocinha
Mo’At é a mãe de Neytiri
Eytukan é o Pai de Neytiri
Tsu’Tey é o segundo maioral da tribo

Pandora é o planeta deles
Eywa é a mãe natureza
Omaticaya é o nome do povo
Na’Vi é o nome da raça
Tsaheylu é a conexão
Ikran é a “ave”
Toruk é a maior das “aves”
Toruk Macto é quem voa na maior das “aves”

Links
O site oficial é este:
http://www.avatarmovie.com

Alguns making of já disponíveis no Youtube:
http://www.youtube.com/watch?v=xq_nRfoBSm0
http://www.youtube.com/watch?v=SblAuYEqN7o
http://www.youtube.com/watch?v=7c4kNLz_4E8
http://www.youtube.com/watch?v=P2_vB7zx_SQ

Fotos no Flickr:
http://www.flickr.com/photos/officialavatarmovie/4054882656/

Dicas:

  • Evite a versão dublada. Muito embora esteja bem dublado, passa longe da versão original. Dê preferencia a versão original com legendas.
  • Não deixe de ver AVATAR no cinema e em 3D. Provavelmente você verá depois em DVD mas não deixe de ver no cinema. É um filme para ser visto em tela cheia, com som de primeira.
  • Tente ver no IMAX do Shopping Bourbon. Dá pra comprar os ingressos pela Internet, mas se puder, compre na própria bilheteria e escolha já o seu lugar.
  • Ao escolher onde sentar, tente sentar o mais no centro possível e vá para o fundo, o mais no fundo possível. O filme é riquíssimo em detalhes e se ficar de lado ou muito próximo da tela terá de optar entre ler as legendas ou em ver os detalhes. No centro e no fundo isso fica mais fácil.
  • E se você for daqueles que se emocionam em alguns filmes, leve um lenço.
  • Últimas…

  • AVATAR é o primeiro longa-metragem de ficção de James Cameron desde o fenômeno ‘TITANIC’ (1997), e o primeiro filme em 3D do cineasta.
  • A nova produção do diretor de ‘TITANIC’ teria custado absurdos US$ 500 milhões, entre orçamento do longa as ações de marketing. O valor é, de longe, o mais alto do cinema hollywoodiano. Vale lembrar que ‘TITANIC’, último filme de Cameron, ainda tem o recorde de maior bilheteria mundial com US$ 1,83 bilhões.
  • Dois dias depois que escrevi este post, ou seja, em 11 de Jan de 2010, AVATAR já havia superado a marca de US$ 1.3 Bilhões de faturamento, já se tornando o segundo filme com maior bilheteria da história. Nesta toada superará facilmente Titanic.
  • Primeiro filme a ser exibido com tecnologia 3D legendado.
  • O longa foi filmado no hangar em que Howard Hughes construiu seu aeroplano de madeira, e se ambienta no futuro e grande parte da ação se passa no mítico planeta Pandora.
  • James Cameron decidiu começar o projeto após ver a perfeição atingida pelo personagem digital Gollum, em ‘O Senhor dos Anéis’.
  • Inicialmente, chamava-se ‘Project 880’.
  • AVATAR tem 40% de suas cenas gravadas com atores reais e 60% criadas em Computação Gráfica.
  • Tudo indica que AVATAR será uma trilogia.
  • Quer aprender Na’Vi? http://www.learnnavi.org/navi-grammar.
  • Terça-feira, 26 de janeiro de 2010, 41 dias depois do seu lançamento, AVATAR bate o recorde mundial de ‘Titanic’, com arrecadação de US$ 1,859 bilhão.
  • Como cuidar de uma mulher

    O jovem Rei Arthur foi surpreendido pelo monarca do reino vizinho enquanto caçava furtivamente em um bosque. O Rei (vizinho) poderia tê-lo matado no ato, pois tal era o castigo para quem violasse as leis da propriedade,contudo se comoveu ante a juventude e a simpatia de Arthur e lhe ofereceu a liberdade, desde que no prazo de um ano trouxesse a resposta a uma pergunta difícil.

    A pergunta era:
    O que realmente as mulheres desejam?

    Semelhante pergunta deixaria perplexo até ao homem mais sábio, e ao jovem Arthur lhe pareceu impossível respondê-la. Contudo aquilo era melhor do que a morte, de modo que regressou a seu reino e começou a interrogar as pessoas. À princesa, à rainha, às prostitutas, aos monges aos sábios, ao palhaço da corte, em suma, a todos e ninguém soube dar uma resposta convincente.

    Porém todos o aconselharam a consultar a velha bruxa, porque somente ela saberia a resposta. O preço seria alto, já que a velha bruxa era famosa em todo o reino pelo exorbitante preço cobrado pelos seus serviços. Chegou o último dia do ano acordado e Arthur não teve mais remédio se não recorrer a feiticeira. Ela aceitou dar-lhe uma resposta satisfatória, com uma condição, primeiro aceitaria o preço. Ela queria casar-se com Gawain, o cavaleiro mais nobre da mesa redonda e o mais íntimo amigo do Rei Arthur!

    O jovem Arthur a olhou horrorizado: era feíssima, tinha um só dente, desprendia um fedor que causava náuseas até a um cachorro, fazia ruídos obscenos,…nunca havia topado com uma criatura tão repugnante. Se acovardou diante da perspectiva de pedir a um amigo de toda a sua vida para assumir essa carga terrível. Não obstante, ao inteirar-se do pacto proposto, Gawain afirmou que não era um sacrifício excessivo em troca da vida de seu melhor amigo e a preservação da Mesa Redonda.

    Anunciadas as bodas, a velha bruxa, com sua sabedoria infernal, disse: – O que realmente as mulheres querem é poderem decidir e serem soberanas de suas próprias vidas!

    Todos souberam no mesmo instante que a feiticeira havia dito uma grande verdade e que o jovem Rei Arthur estaria salvo. Assim foi ao ouvir a resposta, o monarca vizinho lhe devolveu a liberdade. Porém, que bodas tristes foram aquelas…Toda a corte assistiu e ninguém se sentiu mais desgarrado entre o alívio e a angústia, que o próprio Arthur.

    Gawain se mostrou cortês, gentil e respeitoso. A velha bruxa usou de seus piores hábitos, comeu sem usar talheres, emitiu ruídos e um mau cheiro espantoso. Chegou a noite de núpcias. Quando Gawain, já preparado para ir para a cama aguardava sua esposa,…eis que ela apareceu a ele como a mais linda e charmosa mulher que um homem jamais poderia imaginar! 😮

    Gawain ficou estupefato e lhe perguntou o que havia acontecido. A jovem lhe respondeu com um sorriso doce, que como havia sido cortês com ela, a metade do tempo se apresentaria com aspecto horrível e a outra metade com aspecto de uma linda donzela. Então ela lhe perguntou: Qual ele preferiria para o dia e qual para a noite?

    Que pergunta cruel, … Gawain se apressou em fazer cálculos… Poderia ter uma jovem adorável durante o dia para exibir a seus amigos e a sociedade e à noite, na privacidade de seu quarto, uma bruxa espantosa ou, quem sabe, ter de dia uma bruxa e a noite, uma jovem linda nos momentos íntimos de sua vida conjugal.

    Narrador: Agora, antes de continuar lendo este conto, eu lhe pergunto:
    O que você teriam preferido? Qual teria escolhido para o dia e para a noite?
    A escolha que fez Gawain está mais abaixo.
    Porém antes pense e tome sua própria decisão.

    \/
    \/
    \/
    \/
    \/
    \/
    \/
    \/
    \/
    \/
    \/
    \/
    \/
    \/

    O nobre Gawain respondeu que a deixaria escolher por si mesma.
    Ao ouvir a resposta dele ela anunciou que seria uma linda jovem de dia e de noite, porque ele a havia respeitado e permitido ser dona de sua vida.
    😮

    The End

    Moral da história:
    * Não importa se a mulher é bonita ou feia, no fundo ela sempre será uma bruxa.
    🙁
    * Mas, ela se transformará em uma linda jovem, de acordo com a forma que você a tratar.
    🙂

    Aprendeu?