Arquivo da tag: Futebol

A numerologia da copa

Bem, estamos em época de copa e este tipo de assunto acaba ficando interessante.

Esta rodando por ai um e-mail um tanto quanto interessante, veja:

—————————————————————————————————————-

O Brasil ganhou a copa do mundo em 1994, antes disso, sua última conquista do título havia sido em 1970.

Se você somar 1970 + 1994 = 3964

A Argentina ganhou sua última copa do mundo em 1986, antes disso, só em 1978.

Se você somar 1978 + 1986 = 3964

A Alemanha ganhou a sua última copa em 1990, antes disso foi em 1974.

Somando 1990 + 1974 = 3964

Seguindo esta lógica, daria até para ter adivinhado o ganhador da copa do mundo de 2002, pois este teria que ter sido o vencedor da copa de 1962!
Conferindo: 3964 -2002 = 1962
E o ganhador da copa em 1962 foi o Brasil!

É realmente, a numerologia parece funcionar…

Seguindo este raciocínio, quem vencerá a copa do mundo de 2010 na África do Sul?
Resposta: 3964 – 2010 = 1954
E quem ganhou em 1954?

Alemanha!!!!

GUARDE ISTO PARA CONFERIR NO FINAL DA COPA !!!

OBSERVAÇÃO IMPORTANTISSÍMA:

Seguindo essa lógica :

O Uruguai será Tri-campeão aqui no Brasil em 2014

😐

 —————————————————————————————————————-

Bem, até aqui foi praticamente o e-mail que eu recebi.

Mas agora vão as minhas (do Marcelo) considerações:

Se esta regra estivesse 100% certa:

  • O ganhador da copa de 2006 teria sido o mesmo da copa de 1958 (2006 + 1958 = 3964), mas não foi, em 1958 foi o Brasil e em 2006 foi a Itália;
  • O ganhador da copa de 1998 teria sido o mesmo da copa de 1966 (1998 + 1966 = 3964), mas não foi, em 1966 foi a Inglaterra e em 1998 foi a França;
  • E em 1982 teríamos um novo ganhador, pois venceria em 1982 quem venceu em 1982 (1982 + 1982 = 3964) mas não foi um novo e sim a Itália, que já havia ganhado em 1938

É, a numerologia do e-mail tem furos, ainda bem, né?

Já imaginou o Uruguai ganhando novamente aqui no Brasil em 2014 !!!!
😐

Veja agora abaixo a tabela dos vencedores de todas as copas:

1930 Uruguai – Uruguai 4 x 2 Argentina

1934 Itália – Itália 2 x 1 República Checa

1938 Itália – Itália 4 x 1 Hungria

1950 Uruguai – Uruguai 2 x 1 Brasil

1954 Alemanha – Alemanha 3 x 2 Hungria

1958 Brasil – Brasil 5 x 2 Suécia

1962 Brasil – Brasil 3 x 1 República Checa

1966 Inglaterra – Inglaterra 4 x 2 Alemanha

1970 Brasil – Brasil 4 x 1 Itália

1974 Alemanha – Alemanha 2 x 1 Holanda

1978 Argentina – Argentina 3 x 1 Holanda

1982 Itália – Itália 3 x 1 Alemanha

1986 Argentina – Argentina 3 X 2 Alemanha

1990 Alemanha – Alemanha 1 x 0 Argentina

1994 Brasil – Brasil 0 x 0 Itália (nos 5-4 penalties)

1998 França – França 3 X 0 Brasil

2002 Brasil – Brasil X Alemanha

2006 Itália – Itália X França (1-1) (5-3 penalties)

E seguindo a regra da numerologia acima, veja como ficaria o futuro:

2010 Alemanha (o mesmo de 1954) 

2014 Uruguai (o mesmo de 1950) 

2018 Aqui não terá copa ou não terá vencedor, pois em 1946 não teve copa, devido a Guerra !?!

2022  Aqui também não terá copa ou não terá vencedor, pois em 1942 também não teve copa !?!

2026 Itália (o mesmo de 1938)

2030 Itália (o mesmo de 1934) 

2034 Uruguai (o mesmo de 1930)

E se isso tudo acontecer:

A Itália será Hexacapeã

A Alemanha será Tetracampeão

O Uruguai será Tetracampeão

E o Brasil continuria Pentacampeão.

Mas agora fica a pergunta:

O que vai acontecer em 2038 em diante?

😐

Bem… não leve a sério tudo isso, né?

É só uma brincadeirinha

rsrsrs

😉

De quem é a culpa?

O Brasil está fora da copa de 2010 e a pergunta que não quer calar é: de quem é a culpa?

Escrevo este post porque sou brasileiro, cresci assistindo e jogando futebol, portanto acho que pelo menos tenho um pouco de conhecimento do assunto para poder emitir uma opinião a respeito.

Escrevi em 18 de maio deste ano o post Dunga: Coerente ou Míope? e nele eu já falava um pouco sobre o que vou falar neste post.

É fato que, quando vi a debilidade dos outros países, cheguei a acreditar que o Brasil pudesse ser o campeão desta copa, mas esta esperança foi só até o fim do primeiro tempo do jogo de hoje contra a Holanda, aliás, um dos melhores 45 minutos de jogo da nossa seleção nesta copa. No entanto, no segundo tempo, acho que vimos os piores 45 minutos que a nossa seleção já jogou.

O primeiro gol da Holanda foi uma falha enorme do nosso grande goleiro Júlio Cesar, que se atrapalhou todo, juntamente com o Felipe Melo, num lance bobo e depois deste gol, a seleção prosseguiu apática, sem criatividade, abatida e não conseguiu reagir.

A meu ver, perdemos para nós mesmos, pois parece que, qualquer time que estivesse ali no lugar da Holanda, ganharia do Brasil.

Faltou criatividade, estratégia, tática e técnica, algo que o Brasil tem de sobra, mas infelizmente não levou para a copa.

Mas o objetivo deste post é cruel mesmo, é fazer uma análise e compreender onde erramos.

Mas antes de falar dos culpados ou sobre o que temos que melhorar, quero deixar meus parabéns ao Kaká, que, mesmo machucado, buscou sua superação e deu o melhor de si em campo, ao Robinho que novamente buscou o seu melhor e tentou nos alegrar com seu futebol alegre e bonito, ao nosso guerreiro capitão Lúcio, ao talentoso Maicon. Ao primoroso Juan e por que não, também ao nosso goleiro Júlio Cesar que, se não fosse por ele, já teríamos ficado fora num jogo antes, contra Portugal.

Mas dando início a minha análise, sem dúvida jogar contra a Holanda sem o Elano, que se machucou no jogo contra a Costa do Marfim, foi muito ruim, sem dúvida. O Elano era uma peça fundamental no meio do campo e não tinha substituto a altura.

O Júlio Cesar falhou no primeiro gol, é fato, mas o gol contra foi do Felipe Melo, o mesmo que fez uma falta feia, desleal e totalmente desnecessária contra o jogador da Holanda, que resultou na sua expulsão e contribuiu significativamente para desastibilizar ainda mais o Brasil, pois se  não seria fácil virar um jogo de copa contra a Holanda, fazer isso com apenas dez em campo sem dúvida seria muito mais difícil. Portanto, ao meu ver, já temos aqui um grande culpado: Felipe Melo.

Mas, para mim, o maior culpado é o Dunga, sem dúvida. Mesmo tendo muitos valores e muitas qualidades, ele não poderia se fechar como ele se fechou para tudo e para todos. Ele não ouve ninguém! Por mais que uma pessoa tenha qualidades, ela não é suprema, soberana, ela continua sendo humana e falha, por isso, teria sido muito importante o Dunga abrir um pouco mais seus ouvidos e ouvir (escutar) o que tantos disseram.

Como já disse no meu post anterior, o Ganso o Neymar e o Ronaldinho Gaúcho poderiam sim, ter feito a diferença. Já imaginou se o Dunga tivesse ao menos a opção de colocar o Ganso no meio do campo e o Neymar e o Ronaldinho no ataque?

Ok, Mesmo que eles começassem no banco, mas já pensou o que seria poder substituir um Luiz Fabiano pelo Ronaldinho Gaúcho, ou mesmo pelo Neymar?

O mesmo eu digo do Ganso, poderia também deixá-lo no banco, mas se em algum momento precisasse tirar o Kaká, ou mesmo em substituição ao Elano entraria quem? Paulo Henrique Ganso!

Ou seja, haveria opções, outras estratégias, outras formas de jogar, algo que faltou, pois fomos muito prejudicados com a falta de performance do Kaká, com a contusão do Elano e com vários outros jogadores que não jogaram bem, o que é normal em futebol.

E não vou nem entrar no mérito do clima de quartel general que o Dunga cria, isolando os jogadores do mundo, deixando-os totalmente alienados e desconectados. Parece até que estão na China Comunista.

Mas meus pontos principais aqui são dois:

1) Se o Dunga queria jogadores com bom comportamento e espírito de equipe, cadê a coerência dele? Por que deixou o Felipe Melo jogar, quando ele demonstrou sucessivamente total descontrole emocional, chegando até a ser expulso no amistoso antes da copa, quando o Brasil estava ganhando, e mais, continuou dando a todos sucessivas demonstrações de descontrole emocional, até mesmo neste último jogo?!

2) Por fim, se não tivéssemos deixado para trás nenhum craque, então até entendo que Dunga teria de montar o time com o que tinha. Mas ele deixou para trás craques inquestionáveis como Neymar, Paulo Henrique Ganso e Ronaldinho Gaúcho, sendo obrigado a jogar com um time desfalcado, sem substitutos à altura, por pura teimosia. Para mim, sem sombra de dúvida, a culpa é toda do Dunga!

O mérito de levantar o moral da seleção brasileira depois do fiásco da copa passada é do Dunga. O mérito de termos ganho a copa América e a Copa das confederações e dele também. O mérito de termos nos classificado em primeiro lugar para esta copa, é dele também. Parabéns por estes feitos Dunga, mas agora, é hora de olhar de frente este ENORME FRACASSO.

Talvez todas estas vitórias deixaram o Dunga fechado para ouvir coisas importantes e confiante de mais para perceber que a derrota SEMPRE estará rondando, SEMPRE!

Bem, eu sei que agora a “Inês é morta” e que “não adianta chorar o leite derramado”, mas como bem disse o Casa Grande, futebol para o brasileiro é prazer, e a copa é, sim, um evento muito importante. Note a mobilização nacional e mundial que uma copa causa!

Vivemos sem futebol? Sim, lógico que vivemos! Mas o que seria da vida se não fossem as emoções? E que outro evento nos dá tantas emoções se não uma copa do mundo? Então, não devemos menosprezar isto, né?

Tomara que os dirigentes do nosso futebol saibam enxergar com clareza os erros desta copa de 2010 para não os repetirmos daqui a quatro anos, porque perder uma copa aqui no Brasil em 2014, novamente, será realmente MUITO TRISTE!

E você, o que acha?

Qual a sua opinião?

Deixe seu comentário…

Dunga: Coerente ou Míope?

Todos nós já sabemos da escalação da seleção brasileira para a copa de 2010 e sabemos também que alguns craques do momento como Ronaldinho, Neymar e principalmente o Paulo Henrique Ganso não estão no time.

Temos acompanhado também as declarações do Dunga, dizendo que o motivo da não escalação destes craques é a coerência que ele tem que ter com o grupo e com tudo o que ele já falou para estes jogadores.

Ouvi o Dunga dizer também que os outros jogadores construíram o seu direito de estar na copa, tijolinho por tijolinho, jogando um bom futebol e tendo uma boa conduta dentro e fora dos gramados.

E é como se o Dunga não pudesse agora desmontar o sonho destes jogadores, sonho este que ele mesmo permitiu que cada um deles desenvolvesse.

Será que ele está certo?

Bem, antes de dar minha opinião sobre este episódio e sobre o Dunga, quero dizer que eu gosto muito dele, de verdade, desde a época em que ele era jogador de futebol, assim como agora, como técnico.

Eu não faço parte daquela turma que ridiculariza o Dunga e ao contrário, eu não tenho dúvidas de que a força dele está pautada em sua coerência, na sua integridade, na sua palavra, e nos seus valores e princípios.

É muito bonito ver pessoas assim, e sabemos como é raro encontrarmos pessoas que pautam sua vida no caráter. Só isso já fez dele uma grande pessoal, além de ter sido um grande jogador e agora está fazendo dele agora um grande técnico. E sinto-me feliz em ter uma pessoa de tanto valor na liderança da seleção brasileira.

No entanto, bom caráter não ganha jogo, nem coerência ou integridade. Muitos podem estar achando até estranho EU dizer uma coisa destas, eu sei. Mas notem que eu não estou dizendo que isto não é importante, não, muito pelo contrário, isto é muito, muito, muito importante. O que estou dizendo é que SÓ ISSO não é suficiente. Isto é essencial, mas precisamos também de mais além disso.

E não tenho como deixar de dizer que, do meu ponto de vista, ele está sendo míope.

Porque ser correto, direito, ter boa conduta não é mérito, é obrigação. Eu sei que infelizmente, nos dias de hoje, estamos com tanta carência destes valores que isso passou até a ser mérito, mas não é, é obrigação!

O Dunga errou ao criar as premissas iniciais e ter construído seu comprometimento inicial com seus jogadores, pautado APENAS nestes valores. Estes valores são premissas e não deveriam dar direito a ninguém de ir a copa simplesmente porque foram bons meninos.

Fazer parte do grupo daria sim  mais chances a estes, lógico, mas não a garantia.

Lógico que ele tem que ser coerente com o que se comprometeu, tem que ser correto e íntegro com sua palavra e cumprir o combinado.

Mas ele tem que ser humilde e coerente também em perceber que o que foi combinado inicialmente estava errado.

Quero dizer também que eu sou totalmente contra se voltar atrás com o que foi combinado e não é por ai que ele poderia tentar resolver o problema e nem sei se agora ainda da tempo para fazer alguma coisa. Mas muitas vezes dá, sem necessariamente voltar atrás com o que foi combinado, apenas percebendo outros pontos de vistas TAMBÉM VÁLIDOS.

Do meu ponto de vista, o combinado proposto inicial deveria ter sido algo mais ou menos assim:

Meus queridos jogadores, vou levar para a copa:

1)      Primeiramente quem desejar muito jogar com a camisa da seleção brasileira e representar nosso país;

2)      Em segundo lugar, quem tiver bom comportamento, dentro e fora dos gramados;

3)      Em terceiro lugar, quem tiver espírito de equipe e jogar para a equipe, e não para si próprio;

4)      E em quarto lugar quem, que além de cumprir todos os requisitos acima, estiver sendo o melhor jogador na sua posição, na época da copa.

Se ele tivesse criado um combinado inicial nestes moldes, sem dúvida a coisa seria muito mais fácil e diferente agora, pois, ele poderia trazer agora o Ganso, o Neymar e o Ronaldinho, desde que estes estivessem cumprindo as três primeiras regras (e a meu ver estão), pois ALÉM destas três primeiras regras iniciais, eles são os melhores jogadores nas suas posições!

Lógico que quem esteve no grupo desde o início teria mais chances mas não a GARANTIA de que estaria na lista dos convocados!

Um acordo destes daria ao Dunga a liberdade de mudar a lista a qualquer momento e levar quem ele quisesse, sem deixar a impressão de que não cumpriu com o combinado e que não foi coerente com o que disse anteriormente.

Quero dizer também que não estou dizendo que qualquer bom jogador oderia ser levados a qualquer custo, NÃO É ISSO!

Note bem os três pontos iniciais e perceba que eu disse que eles seriam levados apenas e tão somente se desejassem muito, se estivessem tendo bom comportamento e se estivessem jogando para a equipe e não para si. E pelo que eu percebo, tanto o Ganso como o Neymar e o Ronaldinho estão 100% dentro deste perfil de comportamento.

Estes critérios deixariam de fora, por exemplo, um Romário da vida, e o Felipão fez muito bem em deixá-lo para trás em 92, pelo fato dele não estar dentro destes critérios iniciais. Ou seja, não bastaria jogar bem para estar na lista, não é isso.

Mas não levar o Ganso, o Neymar e o Ronaldinho, faça-me o favor! O Ganso vai fazer muiiiiita falta, e o Neymar e o Ronaldinho também. O Dunga está simplesmente deixando de levar os melhores jogadores do Brasil do momento!

E ao meu ver, isto faz com que o Dunga não esteja sendo íntegro e coerente com a nação brasileira, com todos os mais de 190 milhões de pessoas que estarão torcendo e sofrendo com esta decisão míope do nosso técnico.

O Dunga pode até estar com a sua consciência tranquila, mesmo com todo o bombardeio de todos nós e da mídia, protegido pelas suas premissas internas, mas ao meu ver, ele esta assim pelo simples fato de não enxergar que não está sendo coerente com todos nós brasileiros e sendo muito míope.

Bom comportamento APENAS não ganha jogo, Dunga!

Bom comportamento APENAS não faz gol.

Bom comportamento é fundamental, LÓGICO, mas precisamos aliar o bom comportamento ao talento, à criatividade, a técnica e não adianta querer se iludir que coerência e integridade APENAS façam gols e tragam o caneco para nós.

Dunga, com todo o respeito e carinho que eu tenho por você, do meu ponto de vista:

1) Você errou ao iludir os seus jogadores dizendo a eles que garantiriam suas posições desde que jogassem direitinho e fossem bons meninos;

2) Você errou em não criar um combinado inicial que levasse mais pontos em consideração e;

2) E você não está sendo coerente com vários outros pontos e principalmente com a nação brasileira, com a representatividade que lhe foi concedida, pois o conjunto a ser analisado é muito maior do que a pequena lista de 23 jogadores.

Portanto, por favor, não fale mais sobre coerência, pois você pode até estar sendo coerente com alguns poucos pontos, mas não está sendo coerente com muitos outros, muito maiores e mais significativos.

Dunga, você se esqueceu e está desconsiderando  (o que não é nada coerente) que surpresas acontecem, e os meninos da Vila Belmiro, por exemplo, fazem parte de um destes raros momentos em que nós, brasileiros, somos abençoados com grandes talentos (nestas horas eu até penso que Deus é brasileiro).

E em eles estando cumprindo as premissas iniciais, mereciam ser convocados e isto é ser coerente!

Não é coerente, Dunga, deixar talentos como estes para trás, simplesmente porque eles não faziam parte no grupo até agora. Quem sabe se você admitisse que errou em não colocá-los antes no grupo, não seria uma saída?

Antes de terminar, quero deixar claro que minha opinião não irá mudar mesmo que você ganhe esta copa.

Por fim, sem dúvida que temos um time unido e bem liderado, agora só nos resta torcer que a “quantidade de futebol” que o Dunga esteja levando para a África do Sul seja suficiente para vencermos nossos adversários.

Boa sorte a todos nós.

😐