O BIG NO ANTE

UMA DISTORÇÃO BURRA DA LÓGICA ORIGINAL DO POKER

O Poker é um jogo de apostas, então, é impossível jogar poker sem que haja alguma aposta. Por isso nasce a figura do SMALL e do BIG, para que sempre, em todas as mãos, haja alguma aposta.

Assim sendo, o jogador que está na posição de BIG é obrigado a apostar o valor mínimo do momento, e como ele faz isso sem sequer ter visto as cartas, ele faz isso no escuro e por isso é chamado de BIG BLIND (GRANDE CEGO), o mesmo acontece com o SMALL, que é obrigado a apostar a metade do valor do momento e por isso é chamado de SMALL BLIND (PEQUENO CEGO), pois BLIND em Inglês significa CEGO. Ou seja, apostam no escuro, sem ver eu cegamente.

E assim foi instituído o jogo de Poker Texas Hold’em que cresceu e se popularizou.

No entanto, duas coisas podem acontecer num jogo de Texas:

1) Pessoas que construíram uma quantidade de fichas, param de jogar, o famoso “sentou em cima das fichas” e

2) O jogo se estender por muito tempo

Para evitar que estas duas coisas ocorram inventaram uma subversão do jogo, o tal do ANTE

O ante passou então a ser um pedágio, uma obrigatoriedade que TODOS os jogadores da mesa, a partir de um certo momento do jogo, são obrigados a pagar, para receber cartas. O valor do ANTE em geral fica em torno de 8 a 12% do valor do BIG.

Só que como todo desvio ou subversão, isso trouxe outros problemas, alguns jogadores demoravam para pagar o ante e isso começou a atrasar o jogo, uma vez que o dealer é obrigado a recolher o ante de cada jogador antes de dar as cartas de uma mão.

Ai, para resolver esse novo (e inventado) problema, subverteram o jogo novamente e inventaram de que, ao invés de cobrar fracionado de todos, todas as mãos, apenas um jogador pagaria o ANTE de todos os jogadores. Ficou assim definido que este jogador seria o botão, uma vez que o SMALL e o BIG já apostam obrigatoriamente.

Nesta hora, não temos mais então a obrigatoriedade de 2 jogadores pagando, MAS SIM, DE 3 JOGADORES, o SMALL que deve colocar metade do valor, o BIG o valor integral e agora o BOTÃO que também passa a ter que pagar o valor integral do BIG. Ou seja, quando chega a sua vez de ser BIG, você é BIG, depois SMALL e depois BIG de novo. PÉSSIMO!!!

No entanto, como todo remendo ou subversão traz problemas, sem dúvida essa também trouxe, afinal, não é incomum que o botão caia e ai, a mesa fica sem ninguém para pagar o ANTE e ai, para arrumar essa última história, criou-se a maior de todas as aberrações e colocaram o ANTE no BIG, visto que sempre haverá o BIG.

RIDÍCULO!

Bem, mas como muita gente não pensa, não perceberam no que isso acabou virando e foi prontamente aceito e adotado, uma vez que alguns cassinos e renomadas casas de poker, como o H2 implementaram isso.

Final da história, o ANTE deixou de ser ANTE e virou outra coisa. O BIG ANTE desvirtua TOTALMENTE o jogo de poker original, que obrigava apenas 2 jogadores a apostar com os valores do BLIND e de meio BLIND, agora o BIG é 4 vezes o valor do SMALL. Desta forma atual e totalmente deturpada, em blinds 5.000/10.000 por exemplo, se você tiver 100.000 fichas, você não tem mais 10 BLINDS, mas apenas 5 BLINDS. Isso muda toda a jogabilidade e a forma de pensar.

E no final, isso não alterou em praticamente nada os problemas originais, que era de impulsionar ao jogo aqueles jogadores que sentaram nas fichas (afinal, quem está com muita ficha continuará sentado nelas e esperando aqueles que tem menos fichas se esfolem no BIG ANTE.

NÃO ERA MUITO MAIS INTELIGENTE ARRUMAR AS ESTRUTURAS DE BLINDS PARA SE ADEQUAR À HORA DE TÉRMINO DESEJADA? LÓGICO QUE SIM!

Ou seja, o que nasceu para solucionar estes dois problemas, não só não os solucionou como criou uma estrutura totalmente torta e enviesada do tradicional Texas Hold’em.

Como resolver?

ACABANDO COM ESSA ABERRAÇÃO DE BIG ANTE, bem com toda forma de ANTE.

Pois quem tiver muita ficha, vai jogar do jeito que bem entender, sempre e se quiserem que o torneio termine mais cedo, é só estruturar os valores e tempo dos níveis e dos blinds para terminar na hora desejada, conforme a quantidade de fichas que estiver no torneio.

Simples assim

Se você concorda comigo, VAMOS LUTAR PARA O FIM DO BIG ANTE (e qualquer forma de ANTE), em prol das regras originais e bem pensadas do Texas Hold’em e da boa e velha jogabilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 5 =